Villarreal pergunta ao tribunal se Rúben Semedo pode deixar Espanha

Clube não sabe o que fazer ao português, que foi 'devolvido' pelo Huesca

• Foto: Instagram

O Huesca 'devolveu' Rúben Semedo e o Villarreal não sabe o que fazer com ele. O internacional português, de 24 anos, não pode deixar Espanha, por se encontrar a responder a um processo judicial, mas o clube inquiriu o tribunal sobre o estado em que se encontram as coisas, de modo a poder emprestar o jogador neste mercado de inverno. A notícia é avançada esta quarta-feira em Espanha e diz-se que o Marítimo, o Reading e o Besiktas já terão perguntado pelo central.

Libertado em julho do ano passado, depois de cumprir cinco meses de prisão preventiva, e após o pagamento de uma caução de 30 mil euros, Rúben Semedo - que responde por tentativa de homicídio, detenção ilegal de arma, ameaças, entre outros crimes - teve no Huesca a oportunidade de relançar a sua carreira, mas não a terá aproveitado.

O jogador, que chegou a fazer 12 jogos pelo Huesca, foi acusado pelo novo treinador, Francisco Rodríguez, de não levar os valores certos para o balneário. "Penso que a equipa deve ter valores de balneário e o Rúben não os tem. Há que ser realistas, somos uma equipa profissional. Ele não pode continuar connosco", disse o técnico a propósito do português.

Segundo a imprensa do país vizinho, o treinador referia-se não só aos erros cometidos pelo central em campo, e que terão conduzido a derrotas, mas também aos seus súbitos desaparecimentos das concentrações, além de um desinteresse evidente.

O Villarreal contratou Rúben Semedo ao Sporting em 2017, tendo pago 17 milhões de euros pelo seu passe.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.