David Alaba 'herda' a camisola 4 de Sergio Ramos: «Era o único número disponível...»

Defesa foi apresentado esta manhã no Real Madrid

• Foto: Real Madrid

David Alaba foi apresentado esta quarta-feira como jogador do Real Madrid no complexo desportivo do emblema da capital espanhola. Florentino Pérez, presidente dos merengues, começou por dar as boas vindas ao defesa austríaco, de 29 anos, que ingressa agora no Real Madrid a custo zero, após 10 temporadas ao serviço do Bayern Munique.

"Damos as boas-vindas a um jogador de futebol extraordinário que sei que está a viver um dia muito especial. Agradeço-te por escolheres o Real Madrid para melhorar ainda mais a tua carreira. Eras uma lenda do Bayern. A partir de agora tens de enfrentar um desafio, que é ganhar mais títulos com o Real Madrid. Vais sentir a força de um Santiago Bernabéu que quer ser o mais moderno e espetacular do mundo. Bem-vindo ao clube que sonhaste, bem-vindo à tua nova casa", realçou, já depois de se dirigir aos adeptos do clube, aos quais disse trabalhar para "realizar os seus sonhos".

Alaba, que vai envergar a camisola 4 que outrora foi de Sergio Ramos, não escondeu a "honra" de receber a 'pesada' herança.

"Sei o que significa e é uma honra usá-la, motiva-me muito. Representa força e liderança. Sergio Ramos esteve aqui uma década e é um líder, todos nós sabemos disso, mas disseram-me que era o único número disponível e eu não queria estar a pedir a outros companheiros para mudar de número. Quero homenageá-lo", atirou, rejeitando comparações: "Não vim para Madrid para me comparar com os outros, quero ser o Alaba e continuar a ser. Vou contribuir com as minhas capacidades e pontos fortes, para ser eu próprio."

Questionado acerca da razão que o fez rumar à capital espanhola, o internacional austríaco foi taxativo.
"Decidi pessoalmente dar um passo na minha carreira e crescer. Recebi várias propostas, mas a minha primeira opção desde o primeiro momento foi o Real Madrid, é um sonho tornado realidade. É o maior clube do mundo. Enche-me de orgulho estar aqui, só posso dizer que estou ansioso por vestir a camisola", revelou Alaba, ele que vai voltar a ser treinado por Carlo Ancelotti, depois de ambos terem coincidido no Bayern Munique, entre 2016 e 2018.

"Lamento que Zidane tenha saído, mas estou feliz por Carlo Ancelotti. Temos uma excelente relação. Voltei a vê-lo recentemente e é um prazer trabalhar com ele", apontou, sem revelar preferências entre um sistema de dois ou de três centrais: "É uma questão para o treinador. Depende dos jogadores. Sou versátil e posso atuar em diferentes posições."

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.