Espanhóis apontam culpas ao filho de Ancelotti pelos maus resultados do Real Madrid

Davide é o adjunto do pai nos merengues

Depois do bom começo de temporada do Real Madrid, os últimos resultados não têm sido positivos: o empate em casa frente ao Villareal (0-0) e a derrota no terreno do Espanyol (1-2) para a LaLiga, assim como o desaire em casa frente ao Sheriff (1-2) para a Liga dos Campeões, fizeram soar os alarmes nos merengues e a imprensa espanhola aponta o dedo ao filho de Ancelotti, Davide, adjunto do pai na formação espanhola.

Segundo adianta o programa 'El Chiringuito', o balneário do Real Madrid "aponta Davide como o culpado pelas alegadas decisões erradas do seu pai, sem que os jogadores assumam qualquer culpa da parte do treinador".

A mesma fonte frisa que apesar da enorme experiência de Ancelotti, que já conquistou por três vezes a Liga dos Campeões enquanto técnico, as suas escolhas são altamente influenciadas pelos restantes membros do staff, com destaque para o seu filho e para Antonio Pintus, o preparador físico.

Davide Ancelotti licenciou-se em Ciências do Desporto uma vez que, de acordo com o mesmo, percebeu "que não tinha talento para jogar e decidiu estudar". 

"O trabalho do treinador adjunto, ou segundo treinador, é desafiar o primeiro e refutar as suas ideias", disse ao 'Liverpool Echo', numa altura em que ainda representava o Everton, aos 30 anos.

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas