Guru da preparação física de "volta" ao Real Madrid

Antonio Pintus tinha sido afastado com a chegada de Lopetegui

A carregar o vídeo ...
Primeiras imagens de Solari a treinar o Real Madrid

Solari deu esta terça-feira o primeiro treino como treinador interino do Real Madrid mas não foi a única novidade. Antonio Pintus, homem de confiança de Zidane que perdeu importância com Lopetegui, voltou a ser o preparador físico dos merengues.

Com Lopetegui, a preparação física da equipa ficou entregue a Óscar Caro. Antonio Pintus continuou no Real Madrid apesar da saída de Zidane mas com um papel secundário. Manteve sempre com os jogadores uma relação próxima. Agora está de volta ao lugar que ocupava na estrutura do treinador francês.

Santiago Solari, que na segunda-feira foi anunciado como o substituto interino de Julen Lopetegui, que deixou o clube após a goleada sofrida em casa do rival FC Barcelona (5-1), foi acompanhado por Santiago Sánchez, seu adjunto, e pelo preparador físico Antonio Pintus.

Solari, de 42 anos, assumiu o comando nos primeiros minutos da sessão, que decorreu na cidade desportiva de Valdebebas e foi antecedida, dentro das instalações, de uma conversa com os jogadores.

A sessão começou com chuva e frio, dado os sete graus que se faziam sentir na altura, e com o mau momento da equipa, nona classificada na Liga espanhola, a refletir nos rostos sérios dos jogadores.

Durante o período em que a sessão foi aberta à comunicação social, foi possível ver o treinador que ascendeu da equipa B (Castilla) à primeira, observar com atenção cada detalhe do aquecimento e dos exercícios de posse, controlo e passe de bola.

A parte importante do treino continuou à porta fechada, na qual Santiago Solari preparou a estratégia para o jogo de quarta-feira com o Melilla, referente aos 16 avos de final da Taça do Rei.

Sergio Lopez, Adrian de la Fuente, Javi Sanchez, Alex Martin e Fran Garcia foram os jogadores da equipa secundária chamados por Solari ao treino do plantel principal, privado dos lesionados Carvajal, Marcelo, Jesús Vallejo e Varane.

O Real Madrid rescindiu na segunda-feira com o treinador Julen Lopetegui, um dia após a goleada por 5-1 sofrida no estádio do rival FC Barcelona, e que agudizou ainda mais a crise dos tricampeões europeus em título.

Lopetegui, que orientou o FC Porto entre 2014 e 2016, deixou o comando técnico do Real Madrid com um saldo de seis vitórias, dois empates e seis derrotas, em todas as competições, e no nono lugar do campeonato, a sete pontos do líder FC Barcelona.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.