Kroos recorda Mundial de 2014: da visita de Angela Merkel ao balneário à festa com tequilha

Médio alemão contou também que recebeu uma mensagem de Pep Guardiola antes da final

• Foto: Reuters
Toni Kroos recordou no podcast 'Einfach mal Luppen', que partilha com o irmão Felix, a conquista do Mundial de 2014, no Brasil. O jogador do Real Madrid guarda boas memórias da final e dos festejos que se seguiram. 

"O jogo era às 16h00, hora do Brasil, penso que na Alemanha deviam ser umas 21h00. Lembro-me que dormi mal na noite anterior, não por causa da final mas porque a Jessi [a mulher] voou na noite antes e veio da Alemanha para assistir à final. Eu estava ali há seis semanas, não nos vimos durante todo esse tempo. Então decidimos que ela ia ao Brasil à final, creio que aterrou perto das 6 da manhã", recordou.

"Não tomei o pequeno-almoço, apenas almocei. É bom comer algo antes do jogo. Lembro-me que estava sempre a dizer parvoíces antes dos jogos ao José Meneses, o chefe da segurança da seleção, mas nesse dia não o fiz", acrescentou.

Kroos recorda que recebeu uma mensagem especial. "Naquela altura ainda não sabia bem em que clube jogaria e o Guardiola mandou-me uma mensagem, a desejar-me o melhor para a final. Pensei que foi simpático da parte dele."

A Alemanha ganhou à Argentina com um golo de Götze no prolongamento e Kroos celebrou. "Ganhámos e foi agradável poder abraçar a minha mulher depois de seis semanas. Também conversar com Angie, Angela Merkel, no balneário foi agradável. Falámos um pouco sobre Mecklemburgo-Pomerania Occidental [a região onde o jogador nasceu]".

Depois houve festa... com tequilha. "Propus-me a beber uma tequilha com todos, mas fracassei redondamente..."

O médio alemão já tinha tido encontros para esquecer com aquela bebida... "Lembro-me de beber depois de um jogo com o Chelsea, por causa da frustração. Estivemos perto de precisar de um médico de urgência. Não havia maneira de aliviar a dor..."

Toni Kroos recordou também uma bebedeira que apanhou com o irmão e com Stefan Reinartz, jogador do Bayer Leverkusen: "Bebi uns shots de tequilha porque era a única coisa que me caía bem. No dia seguinte estava tão mal... Álcool não faz bem a ninguém."
Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas