Lopetegui: «Destituição? Não sou eu que tomo essas decisões»

Treinador do Real Madrid após a goleada imposta pelo Barcelona

• Foto: Reuters

O Barcelona agudizou este domingo a crise do Real Madrid, ao vencer por 5-1 na receção aos merengues, em jogo da 10.ª jornada da Liga espanhola, com três golos do uruguaio Luis Suárez. Questionado sobre se está de saída, Lopetegui respondeu: "Não sou eu que tomo essas decisões. Falo na crença nesta equipa. O resto não é responsabilidade minha".

"Como treinador tenho de assumir as responsabilidades e tentar melhorar esta equipa. A equipa tem futuro esta temporada", acrescentou.

Todos os nomes apontados para o lugar de Lopetegui: Conte na linha da frente
Antonio Conte (sem clube)
Santiago Solari (Real Madrid Castilla)
Joachim Löw (Alemanha)
Maurizio Sarri (Chelsea)
Raúl González (formação do Real Madrid)
José Mourinho (Man. United)
Mauricio Pochettino (Tottenham)
Claudio Ranieri (sem clube)
Míchel (sem clube)
Laurent Blanc (sem clube)
Jupp Heynckes (reformado)
Guti Hernández (adjunto no Besiktas)
Roberto Martínez (Bélgica)
Quique Flores (sem clube)
Jürgen Klopp (Liverpool)
Massimiliano Allegri (Juventus)
Antonio Conte (sem clube)
Santiago Solari (Real Madrid Castilla)
Joachim Löw (Alemanha)
Maurizio Sarri (Chelsea)
Raúl González (formação do Real Madrid)
José Mourinho (Man. United)
Mauricio Pochettino (Tottenham)
Claudio Ranieri (sem clube)
Míchel (sem clube)
Laurent Blanc (sem clube)
Jupp Heynckes (reformado)
Guti Hernández (adjunto no Besiktas)
Roberto Martínez (Bélgica)
Quique Flores (sem clube)
Jürgen Klopp (Liverpool)
Massimiliano Allegri (Juventus)
Antonio Conte (sem clube)
Santiago Solari (Real Madrid Castilla)
Joachim Löw (Alemanha)
Maurizio Sarri (Chelsea)
Raúl González (formação do Real Madrid)
José Mourinho (Man. United)
Mauricio Pochettino (Tottenham)
Claudio Ranieri (sem clube)
Míchel (sem clube)
Laurent Blanc (sem clube)
Jupp Heynckes (reformado)
Guti Hernández (adjunto no Besiktas)
Roberto Martínez (Bélgica)
Quique Flores (sem clube)
Jürgen Klopp (Liverpool)
Massimiliano Allegri (Juventus)
"A derrota é dura, uma derrota em casa do Barça é sempre dura. Fico com a sensação que tivemos um momento para dar a volta ao jogo mas não aconteceu. Eles tiveram o penálti e outro lance que nos deixou de pé atrás, mas não era uma primeira parte para 2-0. Na segunda parte mudámos coisas, tivemos a possibilidade de nos metermos dentro do jogo, tivemos ocasiões e situações claras. Não aconteceu e depois vieram mais azares. O terceiro golo terminou com as nossas esperanças e o resultado acho que é excessivo. O resultado não reflete a realidade do jogo, mas temos de o assumir", disse.

Os memes do Barcelona-Real Madrid: Do desespero de Lopetegui ao sorriso de Ronaldo

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.