Benzema continua à espera de uma explicação de Deschamps para não ser convocado

Avançado do Real Madrid confessa que todos os dias se questiona sobre os motivos do selecionador

• Foto: Reuters

Karim Benzema continua desesperadamente à procura de uma explicação para não fazer parte das escolhas de Didier Deschamps na seleção francesa. O avançado do Real Madrid não se conforma com esta ausência de quase um ano e meio e disse-o, em entrevista ao programa 'Team Duga', do antigo futebolista Christophe Dugarry, na Radio Montecarlo, do Mónaco.

"É duro para um futebolista, sobretudo quando jogas num grande como o Real Madrid. Com França são jogos de alto nível, ir à seleção é um orgulho e, quando não estou na lista, é uma deceção, porque amo o futebol", começou por assumir o internacional francês, que não abordava o assunto desde a entrevista concedida à 'Marca', na qual acusava o selecionador de ter cedido às pressões racistas dos franceses.

"O que faço no Real Madrid, há oito anos, fala por si só. Há um ano e meio que estou fora e sinto-me mal. Disse-o muitas vezes: se há alguém que pensa que não amo a seleção de França... não é assim. Acho injusto. Gostaria que me explicasse por que não vou. Se se trata do caso Valbuena, paguei, já não sou culpado. Já paguei. Que me diga o selecionador se é por isso", insistiu Benzema, recordando uma conversa com o técnico gaulês, possivelmente, antes da final da Liga dos Campeões da época passada.

"Disse-me Deschamps, antes da meia-final ou da final, não me lembro, que não iria selecionar-me para o Euro. Disse-me: vou dizer-te uma coisa de que não vais gostar. Porque não me selecionou e porque continua a não fazê-lo. Todos os dias faço a mim mesmo esta mesma pergunta", garantiu o avançado do Real Madrid, que promete não desistir de tentar voltar a vestir a camisola dos 'bleus'.

"Amo a seleção e gosto de dar prazer às pessoas. Só quero uma explicação de homem para homem. Em qualquer caso, não vou render-me. Se acreditam nisso, estão enganados. Jogas para a tua gente, para a tua família e para os adeptos. Jogas para ganhar. França é muito forte e estaria muito satisfeito ao lado de tantos e tão bons jogadores. É certo que quero jogar por França, pois ainda posso dar muito", prometeu Benzema, que, durante a entrevista a Dugarry, também falou um pouco das asspirações do Real Madrid.

"Sinto-me bem no plano pessoal e espero que assim continue até final, porque vamos disputar grandes jogos. Temos um mês de abril enorme. Atlético, Bayern... Temos vontade de ganhar a Liga e a Champions. É o Real Madrid e é assim, temos que ganhar títulos", concluiu o dianteiro merengue, de 29 anos.

Por João Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.