Capricho de Neymar com Cavani ameaça sair muito caro ao PSG

Uruguaio tem contrato até 2020 e ganha um chorudo salário

• Foto: Reuters

A continuidade de Edinson Cavani no Paris Saint-Germain (PSG) foi colocada em causa depois do desentendimento entre o uruguaio e Neymar frente ao Lyon, no domingo, que quase terá terminado em agressões no final do jogo, já no balneário.

O brasileiro terá depois exigido ao presidente do clube francês, Nasser Al-Khelaifi, que coloque Cavani na lista de transferências para seja vendido o mais tardar no próximo verão, um rumor que deixou logo em alerta vários clubes europeus de topo.

Mas para chegar ao internacional uruguaio é preciso dinheiro, mesmo muito dinheiro. Primeiro para o contratar e depois para lhe pagar um salário que o convença a rescindir o contrato que tem com o PSG, válido até junho de 2020.

De acordo com o 'Daily Mail', Cavani ganha 6,5 milhões de euros por ano livres de impostos, o que significa que para pagar este salário ao avançado o PSG tem um encargo que quase transforma este valor no dobro face à lei francesa.

O jornal inglês já faz as contas porque coloca dois clubes da Premier League na lista dos que estarão interessados em receber o avançado, Chelsea e Everton, ao qual acrescenta Juventus, Inter Milão, Nápoles, de onde o futebolista se transferiu para o PSG em julho de 2013, e Borussia Dortmund.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.