Adeptos defendem continuidade de José Gomes

José Gomes continua a receber o apoio dos adeptos depois de a direcção do Reading ter anunciado a sua saída no início desta semana

José Gomes foi demitido do Reading há dois dias devido aos maus resultados, mas os adeptos do clube inglês não terão ficado satisfeitos com a decisão tomada. Ora, o treinador, de 49 anos, continua a receber o apoio dos adeptos que fizeram ver isso.

Nas edições online dos jornais ingleses e nas redes sociais, os fãs dos Royals transmitiram a sua indignação. No Twitter do 'Talk Reading', 80 por cento dos adeptos não concordaram com a decisão tomada pelos dirigentes do clube. "Lembrem-se de como nos sentimos em relação ao nosso clube  quando Paul Clement era o treinador. Não era uma equipa positiva, não existia prazer ou a sensação de estarmos bem. Algumas semanas mais tarde, José Gomes trouxe isso de volta ao clube. Deveria ter-lhe sido dado mais tempo", pode ler-se naquela publicação.

"Um dia triste para o futebol. É um 'manager" fantástico", escreveu Harry Fowke na página de Facebook da Sky Sports.

Recorde-se que, na época passada, os adeptos do Reading criaram o Dia de Portugal, em homenagem a José Gomes, "vestindo" o Estádio Madjeski com as cores da bandeira nacional, depois de garantida a continuidade no Championship.

Moore pede desculpa
José Gomes recebeu, também, o apoio de Liam Moore: "Como seu capitão, só posso pedir desculpa pelo que aconteceu. Fomos unidos como equipa, mas, afinal, o nosso desempenho não foi bom e isso reflectiu-se nos resultados. Desejo-lhe boa sorte para o futuro"

O Reading ocupa a 22ª posição no Champions, mas houve exibições com bastante qualidade, em que a equipa incomodou adversários teoricamente mais fortes: o resultado mais expressivo (3-0) foi, em casa, frente ao Cardiff, conjunto que sonha com o regresso à Premier League e está no sétimo posto. Na visita ao Swansea, quarto classificado, a um ponto do West Bromwich, líder do Championship, os Royals empataram a um golo e, na deslocação ao Wolverhampton, aquele resultado voltou a repetir-se, embora a equipa de Nuno Espírito Santo seguisse em frente na Taça da Liga de Inglaterra, após o desempate por grandes penalidades.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.