Arsenal adia regresso aos treinos: «Seria irresponsável pedir que jogadores voltassem agora»

Comunicado do clube inglês

O Arsenal anunciou, em comunicado, ter cancelado o regresso aos treinos da equipa, previsto para esta terça-feira de manhã, devido ao surto do coronavírus. A decisão foi tomada pelo técnico Mikel Arteta, ele próprio infetado com Covid-19, em conjunto com a direção do clube inglês.

"Estava agendado que os jogadores da nossa equipa principal masculina regressassem aos treinos na terça-feira, após completarem 14 dias de isolamento, no seguimento de Miker Arteta ter recebido um diagnóstico positivo pelo vírus", explicou o clube.

"Como resultado da atual situação, temos claro que seria inapropriado e irresponsável pedir aos jogadores que regressassem nesta altura. Nesse sentido, a nossa equipa principal masculina, feminina e os jogadores da academia irão permanecer em casa. Fiquem em casa e salvem vidas", justificou o Arsenal.

A equipa já completou as duas semanas de isolamento depois de ter estado em contacto com o presidente do Olympiacos, Evangelos Marinakis, que acusou positivo no teste ao coronavírus. O próprio treinador da equipa, Mikel Arteta, também contraiu a Covid-19. Com a liga inglesa suspensa, pelo menos, até 30 de abril, o Arsenal entendeu que esta não é a altura adequada para o regresso aos trabalhos.

Por Mariana Béu
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.