Arsenal até paga para se ver livre de Özil

Londrinos querem encontrar um clube que possa suportas o elevado salário do médio alemão

• Foto: Reuters

O futuro de Mesut Özil poderá não passar pelo Arsenal, clube com o qual tem contrato até final de 2021. O cenário do médio criativo alemão está tão desfavorável que a imprensa inglesa avança este domingo que os responsáveis dos gunners estarão até dispostos a pagar os meses de salário que faltam até ao término do seu contrato caso o alemão encontre um novo clube para prosseguir carreira.

Com um salário de cerca de 390 mil euros por semana, Mesut Özil é atualmente um dos jogadores mais bem pagos do plantel do Arsenal, esforço financeiro que o clube pretende não continuar a suportar, aliando ainda o facto do alemão não ter somado qualquer minuto pela equipa desde que o plantel regressou da pausa provocada pela pandemia de Covid-19. 

Esta temporada, o alemão realizou 23 partidas onde apontou um golo e assinou três assistências. O último jogo disputado pelo alemão remonta a 7 de março, partida que o Arsenal venceu (1-0) na receção ao West Ham.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.