Bernardo Silva confiante

Português quer ser líder da Premier após o dérbi entre United e City, um duelo de porta-aviões

• Foto: Reuters

Hoje, Manchester irá atrair todos os olhares com o United a receber o City num duelo decisivo na Premier League. Num confronto de autênticos porta-aviões, os red devils não podem falhar se quiserem ir à Champions, enquanto os citizens têm que ganhar para não deixar o Liverpool sozinho na frente. Bernardo Silva destaca esse facto.

"Um dérbi é sempre diferente de tudo o que possa haver. Sabemos o que vale para os adeptos. A pressão de ter que vencer é positiva", garantiu o internacional português, de 24 anos, na antevisão a um jogo que espera complicado: "Vamos ter pela frente uma das melhores equipas de Inglaterra."

O atual campeão inglês está imparável nos últimos meses da liga: a equipa orientada por Guardiola não perde pontos na Premier desde janeiro, quando foi derrotada (2-1) pelo Newcastle. Desde aí, os citizens venceram dez jogos seguidos, entre eles os duelos com Chelsea, Arsenal e Tottenham, os três em casa. Agora, no Teatro dos Sonhos, o City vai tentar escrever um guião favorável às suas aspirações e procurar que o pesadelo do United continue após o resultado negativo frente ao Everton.

A partida de hoje é até crucial para o United. Apenas um triunfo mantém a equipa de Solskjaer viva na luta pelo 4º lugar, último posto de acesso à Champions. Para mais, se o United conquistar hoje os três pontos, igualará o Chelsea, equipa que irá defrontar, domingo, na próxima ronda da liga.

Jejum desde 2015

As últimas visitas do City a Old Trafford para o campeonato têm corrido mal para a equipa de Diogo Dalot. Desde maio de 2015 que os citizens não perdem em casa do United, sendo que nas últimas duas épocas triunfaram. Já Solskjaer nunca ganhou frente ao City enquanto jogador do United. Quem torce pelos diabos é mesmo o rival Liverpool. Se o City falhar, os reds ficam mais perto do título que lhes escapa há... 29 anos.

Solskjaer: «Estamos com orgulho ferido»

Após a goleada (0-4) sofrida com o Everton, Solskjaer confia na resposta dos jogadores. "É o melhor jogo que podíamos pedir. Os jogadores estão de orgulho ferido e querem mostrar a outra face. O jogo com o City é perfeito. Não nos podemos esconder e vamos ter de dar tudo. Os jogadores querem ganhar. Vê-se o ADN do United em muitos deles."

Guardiola: «Não tememos Old Trafford»

Pep Guardiola desvaloriza a fase negativa do United, reiterando que preparou o dérbi ao detalhe. "O clube [City] cresceu muito na última década e já não tem medo de ir jogar a Old Trafford. Antes era mais difícil. O City tem tido jogadores que equilibram mais o dérbi. Espero o melhor United. Vi a derrota deles com o Everton, mas isso é passado."

Por Filipe Balreira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.