Cardiff só pagará transferência de Sala se for obrigado

Presidente do emblema galês deixou garantia

Se a tragédia que roubou a vida a Emiliano Sala ainda dará muito que falar por causa da investigação em curso, já que ainda não se sabe ao certo o que motivou o trágico acidente, também a questão monetária entre clubes promete fazer correr muita tinta. Ainda não se sabe bem como tudo se processará e o presidente do emblema galês assegura que apenas pagará se for obrigado a tal. Caso contrário, por vontade dos galeses o Nantes nada receberá pela transferência do malogrado avançado argentino, que perdeu a vida quando fazia a viagem entre França e o País de Gales.

"Claro que iremos pagar se estivermos contratualmente obrigados a fazê-lo. Somos um clube honrado. Mas se a situação for contrária - e se houver alguma anomalia nessa questão -, então devem esperar que eu, enquanto presidente e dono dos interesses do clube, analise a situação e imponha a nossa posição. É isso que estamos a fazer", começou por dizer Mehmet Dalman, em entrevista à BBC Sport Wales.

"Ainda estamos a recolher informações e o processo está a decorrer. Quando tivermos os dados necessários, tenho a certeza de que nos poderemos sentar com o Nantes e avançar. Eles pediram o valor que consideram que lhes é devido e há um processo, o qual eles iniciaram. O que podemos dizer é que não estamos de acordo com esse processo, em face os eventos extraordinários que sucederam e pelas trágicas circunstâncias. Não vamos fazer nenhum comentário positivo ou negativo. Estamos apenas a pedir para que entendam que há imensas questões a ser respondidas e é isso que estamos a fazer", concluiu o dono do emblema de Cardiff, que tinha acordado pagar 15 milhões de libras (17 milhões de euros) por Emiliano Sala.

Por Fábio Lima
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.