Desentendimento entre Sarri e Kepa: o que dizem as regras sobre este tipo de situação

IFAB determina que se um jogador recusar sair do relvado para ser substituído, o jogo continuará

A polémica veio à tona com o recente desentendimento entre Maurizio Sarri e Kepa Arrizabalaga, respetivamente treinador e guarda-redes do Chelsea. Decorria a reta final do prolongamento entre Chelsea e Manchester City em jogo a contar para a final da Taça da Liga inglesa quando o técnico dos blues decidiu substituir o guarda-redes espanhol, devido a alegados problemas físicos do mesmo, e este recusou abandonar o terreno de jogo. O jogo esteve em suspenso por momentos até que Sarri se reuniu com o árbitro da partida, Jonathan Moss, e se confirmou que a substituição não iria ser realizada.

O procedimento relativo a substituições instituído pelo IFAB, orgão que regulamenta as regras do futebol, determina que se um jogador recusar sair do terreno de jogo, então o jogo continuará. Deste modo, poderá dizer-se que essa terá sido a indicação dada pelo árbitro a Sarri, o que terá irritado o técnico italiano e o levou, posteriormente, a dirigir-se ao túnel de acesso aos balneários. O técnico voltou ao relvado e teve mesmo de ser acalmado por Rüdiger e pelo médico do clube, Paco Biosca.

No final do encontro, Maurizio Sarri esclareceu que tudo não passou de um mal entendido, uma vez que o técnico italiano entendeu que Kepa não estava nas melhores condições físicas para seguir para o desempate por penáltis. No entanto, Sarri sublinhou ainda que o guarda-redes espanhol não teve a melhor atitude e que conversará com ele a fim de resolver a situação criada.

Excerto do procedimento instituído pelo IFAB quanto ao momento da substituição:

"Para substituir um jogador, o seguinte tem de ser observado:

1) O árbitro deve ser informado antes da substituição ser realizada
2) O jogador a ser substituído recebe a permissão do árbitro para abandonar o terreno de jogo, a menos que já se encontre fora do relvado
3) O jogador a ser substituído não está obrigado a sair na linha de meio-campo e não pode participar em momento algum na partida a partir desse momento, exceto para casos em que as substituições sejam ilimitadas
4) Se o jogador a ser substituído recusar sair, o jogo continua"

Os memes do 'caso Kepa': guarda-redes até 'passou' a treinador do Chelsea

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.