Ederson: «Quando comecei a jogar nem gostava de futebol...»

Ex-guarda-redes do Benfica revelou pormenores da carreira

Há ainda hoje muitos benfiquistas a suspirar por Ederson Moraes. Considerado um dos melhores guarda-redes que defendeu as balizas do Estádio da Luz, o brasileiro tornou-se também numa referência dos adeptos do Manchester City, clube que o contratou ao Benfica, em 2017.

Em entrevista ao site dos citizens, Ederson conta como tudo começou e revela o ídolo de infância. "Rogério Ceni sempre foi a minha inspiração. Quando comecei a jogar, na escola, não tinha um ídolo porque nem gostava muito de futebol. Ia jogar duas ou três vezes por semana, por influência do meu irmão, mas depois passei para a baliza e comecei a ver o Ceni. A partir desse momento ele passou a ser a minha inspiração e o meu ídolo", explicou.

Com 26 anos neste momento, Ederson atingiu o topo do futebol mundial muito cedo, aos 23. Mas a carreira do brasileiro foi construída a pulso, no país natal. "O meu pai costumava acordar às cinco da manhã para trabalhar e eu saía com ele ao mesmo tempo para poder treinar. Foi um grande sacrifício. Tinha de apanhar dois autocarros e depois ainda o autocarro do clube. Para voltar a casa era exatamente o mesmo. Às vezes nem tinha tempo para almoçar porque tinha de ir direto do treino para a escola. A minha rotina era treino-escola e escola-treino. Voltava a casa à noite só para jantar e dormir e no dia seguinte começava tudo outra vez", revelou.

Aos 26 anos, Ederson já conquistou uma Copa América, pelo Brasil. Foi duas vezes campeão português, no Benfica, onde conquistou também uma Taça de Portugal e uma Taça da Liga. No Manchester City já venceu duas edições da Premier League, conquistou uma Taça de Inglaterra, três taças da liga e duas supertaças.

Por Miguel Custódio
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0