Irmã esfaqueada e adeptos a provocar: o que levou Maguire a perder a cabeça e ser detido

Jogador do Manchester United já foi entretanto libertado

• Foto: Reuters

A imprensa grega revela este sábado mais detalhes da confusão em que Harry Maguire se viu envolvido na ilha grega de Mykonos e que levou à sua detenção. Segundo o 'Mykonos Voice', o capitão do Manchester United perdeu a cabeça depois de ver a irmã mais nova ser atingida por um objeto cortante num braço, presumindo-se que tenha sido uma faca.

Maguire estava num bar com amigos quando um grupo de turistas ingleses - que não eram certamente adeptos do Manchester United - começou a provocá-lo. Até que um deles atingiu a sua irmã, Daisy, num braço. Ao ver o sangue o jogador perdeu a cabeça e, furioso, atacou fisicamente os indivíduos em causa.

Um grupo de polícias à civil que se encontrava a patrulhar aquela zona interveio, sem que tivessem reconhecido Maguire como jogador do United. Furioso o jogador terá tentado explicar o que tinha acontecido e foi acusado de agredir um dos agentes.

Já na esquadra, para onde foi conduzido algemado, Maguire cometeu outro erro: perguntou quanto era necessário pagar para resolver a situação, pelo que está acusado também acusado de tentativa de suborno.

O pai do jogador chegou entretanto a Mikonos, num avião privado, acompanhado por um advogado do Manchester United. O jogador foi entretanto presente a tribunal e libertado esta manhã. A imprensa grega revela que foi dado a Maguire um prazo para pedir desculpas pelo sucedido.

Por Record
16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas