Mourinho com a meta à vista e um plano definido

José Mourinho garante presença do Man. United na Champions se vencer o Arsenal no domingo

O Manchester United apenas precisa de uma vitória sobre o Arsenal, no domingo, para alcançar o objetivo definido por José Mourinho depois de ter visto o título inglês fugir para o rival City. Com a vaga na próxima edição da Liga dos Campeões à vista - em caso de triunfo sobre os gunners, os red devils ficarão com 11 pontos de avanço sobre o Chelsea (5º) e apenas nove em disputa -, o técnico português já pensa na próxima época. E, segundo a imprensa britânica, as mudanças a efetuar no plantel do United para 2018/19 estão definidas.

De Gea, Matic, Alexis e Lukaku são os nomes considerados imprescindíveis por Mourinho, que conta ainda com um núcleo duro de mais dez jogadores com lugar seguro na próxima temporada. De resto, Carrick (termina a carreira), Fellaini, Darmian, Blind, Shaw e Sam Johnstone são cartas fora do baralho, restando a dúvida sobre a permanência do ex-benfiquista Lindelöf e de Smalling, além de Romero, Andreas Pereira e Martial, embora estes três devam também estar de saída. Já o português Joel Pereira, McTominay e Tuanzebe devem ser emprestados.

Entre as entradas, destaque para o português Cédric Soares, aposta para o lado direito da defesa. O lateral tem contrato com o Southampton até 2020, mas os saints correm o risco de descer de divisão - estão no 18º lugar, já a quatro pontos do Swansea, a primeira equipa acima da ‘linha de água’ - e isso ajudaria naturalmente à concretização do negócio, que poderá fazer-se por 23 milhões de euros. Os médios Jorginho, do Nápoles, e Fred, do Shakhtar, além de Bale (Real Madrid) são alguns dos outros alvos do Manchester United.

Quando a José Mourinho, está determinado a fazer melhor em 2018/19, sem desvalorizar o percurso realizado esta temporada. "Quando vim para o Manchester United estava preparado para isto e sabia que não haveria um sucesso imediato", lembrou o português, frisando: "Mas, apesar de tudo, três troféus, três finais e ser, no pior dos cenários, 3º ou 4º classificado... não está mal!"

Por José Angélico
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.