Mourinho: «Ninguém entende como é que uma perna partida dá um penálti contra o FC Porto»

Treinador do Tottenham critica atuações do VAR e dá como exemplo jogo dos dragões com o Manchester City, na Champions

José Mourinho teceu duras críticas às atuações do VAR e deu como exemplo o jogo do FC Porto com o Manchester City, para a Liga dos Campeões, e a falta sofrida pelo guarda-redes dos dragões, Agustín Marchesín. O treinador do Tottenham diz que os erros do VAR "são inaceitáveis".

"Vocês [jornalistas] conhecem-me há alguns anos e sabem que para mim é difícil aceitar o erro humano, mas aprendi a lidar com isso e neste momento aceito os erros dos árbitros. O que eu não aceito são os erros do VAR", considerou.

"Se o árbitro estiver muito longe do lance e o fiscal de linha dá fora de jogo toda a gente diz 'ok, foi uma má decisão, aconteceu'. Mas o problema é quando há VAR. O guarda-redes do FC Porto podia ter agora uma perna partida. E ninguém entende como é que uma perna partida é transformada num penálti contra o FC Porto", explicou o treinador português, referindo-se ao lance em que Marchesín foi pisado por Gundogan e em que foi assinalado o penálti devido a uma falta posterior de Pepe.

Por Record
32
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas