Mourinho: «Tivemos mais coração do que qualidade»

Técnico elogiou atitude da sua equipa mas afirmou que o adversário "merecia mais"

• Foto: Action Images
Após o difícil triunfo caseiro do Manchester United frente ao Brighton (1-0), José Mourinho não se coibiu em deixar uma palavra de apreço ao adversário que, na sua opinião, causou imensas dificuldades aos red devils.

"Quero ser honesto e dar-lhes [ao Brighton] o devido reconhecimento. Para mim, eles, provavelmente, mereciam um resultado melhor do que o que tiveram. Jogaram muito bem, tiveram uma boa organização defensiva e foram perigosos quando tiveram a bola. Deram-nos o jogo mais difícil que tivemos esta época. Tivemos mais espírito e coração do que qualidade", analisou, na flash-interview da BBC.

Apesar da exibição menos conseguida da sua equipa, o português não deixou de realçar a atitude dos seus jogadores. "Tivemos uma série de oportunidades há alguns dias [derrota frente ao Basileia, por 1-0, na Liga dos Campeões] e não conseguimos marcar, hoje fizemo-lo. Parabéns aos meus rapazes. Eles não jogaram bem mas deram tudo o que tinham. Não merecem que eu diga alguma coisa má deles", salientou.

Criticado muitas vezes pelo seu estilo defensivo, José Mourinho fez Juan Mata, Anthony Martial, Marcus Rashford e Romelu Lukaku alinharem em conjunto este sábado, o que provou que... nem sempre jogar com muitos avançados é bom.

"Às vezes jogas com muitos jogadores de ataque e perdes o controlo do jogo. Tivemos alguns problemas defensivos porque o Matic e o Pogba estiveram algo isolados no centro do terreno. Se compensares com mais criatividade, é um risco que vale a pena. Contra o Newcastle, compensou mas hoje fomos fracos na criação de jogo", frisou.

Questionado sobre as dificuldades da equipa em marcar nos últimos dois jogos, o português foi incisivo. "Na Liga dos Campeões fizemos uma das melhores exibições fora de portas na primeira parte. Podíamos ter ido para o intervalo a vencer por 6-0 e estava 0-0. Não fico contente com isso mas hoje [sábado] marcámos um golo e foi o suficiente para alcançar os três pontos. No fim, falamos daquilo que queremos mas garantir os três pontos é o mais importante", afirmou.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas