O ultimato que assustou N'Golo Kanté: «Ou despedes o teu agente ou mato-o»

Jogador do Chelsea foi encostado à parede por um dos seus ex-conselheiros

Protagonista de uma transferência milionária do Leicester para o Chelsea em 2016, N'Golo Kanté viu o seu sucesso virar-se contra si pouco depois dessa mudança, quando terá recebido um brutal ultimato por parte daqueles que terão sido até há alguns anos os seus conselheiros. "Ou despedes o teu agente ou mato-o".

Assim, sem mais nem menos. Foi este o ultimato feito pelos irmãos Rachid e Houari Saadna durante uma discussão a propósito das comissões a receber pela transferência de 2016 - feita por 35,8 milhões de euros -, segundo adianta a Mediapart, um site francês de investigação que assume ter na sua posse gravações áudio que confirmam as suas alegações. Uma discórdia que surgiu devido aos 4,7 milhões de comissão a que Abdelkarim Douis teve direito, uma verba da qual Rachid e Houari queriam receber uma parte.

Nas gravações em causa, captadas em casa do médio em Paris durante o mês de março de 2017, supostamente é possível ouvir-se a ameaça em causa e toda a troca de acusações entre as pessoas que estavam na sala. A transcrição mais forte acaba mesmo por ser aquela onde se ouve Houari Saadna a dizer com todas as letras que mataria Douis. "O meu irmão foi enganado, roubado... Dou-te uma escolha. Ou trabalhas com um advogado e paras de trabalhar com este aqui [Abdelkarim Douis]... Ouve, não estou brincar, ou tratas disso ou o Douis... trato dele. Ponto final", disse Houari Saadna.

Kanté nega... agente confirma

Confrontado com as alegações, o médio do Chelsea negou ter sido ameaçado. "Sinto que as perguntas que me fazem são tendenciosas. Sou um jogador profissional de futebol, não vivo num mundo de bandidos. Encaram-me como alguém imaturo, mas fiquem a saber que sou responsável e faço as minhas escolhas de forma livre e consciente", assegurou o Kanté.

Uma versão que contradiz aquela que foi confirmada por Nouari Khiari, um elemento da equipa de representação do médio, às autoridades. Citado pela mesma publicação, Khiari revelou que Abdelkarim Douis lhe confirmou os factos, detalhando até que os irmãos Saadna terão mesmo dito que teriam "uma equipa de russos ou albaneses prontos a tratar-lhe da saúde".

Não se sabe ainda como toda a situação terá sido resolvida, mas a Mediapart promete detalhá-lo nos próximos dias com publicação de uma segunda parte da reportagem.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.