Raúl Jiménez e os 38 milhões de cláusula: «Tenho de demonstrar em campo que valho isso»

Avançado mexicano admite que gostava de continuar no Wolverhampton

• Foto: Reuters

A viver a melhor temporada desde que se mudou para a Europa, Raúl Jiménez não dá muita importância aos falados 38 milhões de euros da sua cláusula de compra, considerando que o seu papel não é comentar essas questões, mas sim demonstrar dentro do campo que vale essa verba.

"Foi a cláusula que o Benfica colocou e se alguma equipa me quiser é isso que terá de pagar. Não me meto nas questões financeiras. O que tenho de fazer é dentro do campo e fazer valer tudo isso", começou por apontar, em declarações à Radio Marca Claro.

Questionado sobre se gostaria de continuar no Wolves, Jiménez é claro: "Gostava de continuar, pois estou muito contente e satisfeito, porque foi criado um grande projeto no Wolverhampton. Não é normal uma equipa recém promovida estar a lutar pela Liga Europa. Para nós é algo muito emocionante e agora neste fim de semana temos os 'quartos' da Taça de Inglaterra".

E depois do Wolves ainda há o sonho de chegar a um grande do futebol europeu? "Ainda tenho muito caminho a percorrer, mas espero que sim. Vou continuar a trabalhar para isso, demonstrar o que tenho feito e daquilo que sou capaz. Ainda tenho muitos anos pela frente e esperemos que possa continuar a crescer como futebolista", desejou.

Por fim, questionado sobre o seu percurso ao longo destes anos na Europa, Jiménez explicou aquilo que aprendeu tanto no Atlético Madrid como no Benfica. "Amadureci imenso nestes quatro anos e meio de Europa. Durante todos estes anos, tanto no Atlético como no Benfica, aprendi imensas coisas. No Atlético a ser perseverante, a esperar oportunidades, nunca desanimar ao não ser convocado. No Benfica fui suplente na maioria dos jogos e quando era titular acabava por vir uma lesão. Era difícil, mas agora deram-me a confiança desde o começo do torneio e tenho respondido. Estou a fazer as coisas muito bem e estou feliz com o meu desempenho", concluiu.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas