Rio Ferdinand e as opções táticas de Guardiola na Champions: «Suicídio»

Manchester City foi eliminado em Alvalade pelo Lyon

• Foto: Reuters

Rio Ferdinand, antigo jogador do Manchester United e atual comentador televisivo, arrasou as escolhas de Pep Guardiola frente ao Lyon, jogo que ditou o afastamento dos citizens da Liga dos Campeões. Fala até em "suicídio".

Uma das principais críticas de Ferdinand na 'BT Sport' prende-se com o esquema tático que o catalão usou nesta partida. Optou por um 3x5x2, em vez do habitual 4x3x3, deixando no banco jogadores como Bernardo Silva e Phil Foden. "Desde o reinício da Liga dos Campeões verifica-se que os suplentes têm tido um papel fundamental. São muito importantes em planteis com grande profundidade. Os jogadores mais criativos estavam no banco, a equipa melhorou bastante com Mahrez em jogo."

Depois, não poupou a opção defensiva: "A linha alta foi um suicídio, foi o começo da queda. Indecisão e ingenuidade."

Joe Hart, antigo guarda-redes do City, também comentou o sucedido. "O Pep quer ganhar a Liga dos Campeões, mas não é fácil. Mas talvez tenham sido demasiado conservadores."

A reação de Guardiola diz tudo: o inacreditável falhanço de Sterling que promete correr o Mundo

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.