Souness acusa Mourinho de hipocrisia: «Diferendo com Wenger não teve muita classe»

Em causa declarações do técnico português visando o documentário sobre o Manchester City

Graeme Souness acusou José Mourinho de 'hipocrisia' por considerar que o documentário sobre a época vitoriosa do Manchester City peca pela falta de classe. "Podes comprar os melhores jogadores do Mundo, mas não podes comprar classe", considerou o português, um comentário que já mereceu uma resposta de Pep Guardiola.

Na sequência da derrota do United diante do Brighton, o escocês, antigo jogador do Liverpool e ex-treinador do Benfica, considerou que Mourinho não é a pessoa indicada para falar de 'classe'. "É novo riquismo do José estar a falar de classe. Estou a pensar no diferendo que manteve com Arsène Wenger, que não teve propriamente muita classe."

Sobre o jogo em si, Souness considerou que os jogadores do Manchester United apresentaram-se em campo sem confiança. "Não tiveram presença, foram uma equipa sem espírito. Nunca vi o United jogar assim."

O antigo médio elogiou Pogba, por ter reconhecido que a sua atitude em campo não foi a correta, e deixou um conselho aos jogadores. "O futebol não mudou assim tanto. Penso que os jogadores de hoje em dia entram em campo com a cabeça cheia de táticas e esquecem-se do básico. Há que chegar à bola e ser agressivo. O United parecia que estava à espera de ver o que o Brighton ia fazer."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0