Wolverhampton teve 'pássaro' na mão mas acaba eliminado nas 'meias' da Taça de Inglaterra

Equipa de Nuno Espírito Santo sofreu penálti nos descontos e golo no prolongamento

• Foto: Reuters

O Wolverhampton viu escapar-se-lhe por entre os dedos a possibilidade de disputar a final da Taça de Inglaterra. A equipa mais portuguesa da Premier League, treinada por Nuno Espírito Santo, foi eliminada pelo Watford depois de um desaire, por 3-2, num jogo decidido no prolongamento e em que os 'wolves' não foram bafejados pela sorte.

Matt Doherty inaugurou o marcador aos 36 minutos e na segunda parte Raul Jimenez fez o segundo dos 'wolves'.

O Watford reduziu por Gerard Deulofeu e, quando tudo parecia indicar que o Wolverhampton tinha o passaporte carimbado para a final, um penálti, em tempo de descontos, marcado por Troy Deeney, relançou o Watford no jogo e atirou a decisão para o prolongamento.

Os comandados de Nuno Espírito Santo fizeram de tudo para recuperar a liderança do marcador, mas não foram bem-sucedidos. Gerard Deulofeu assinou o terceiro do Watford e, por mais que o o Wolverhampton fizesse, não conseguiu contrariar o rumo dos acontecimentos.

O Watford vai defrontar na final da Taça de Inglaterra o Manchester City, a 18 de maio.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0