Palhinha: «Em Portugal não podia fazer um carrinho, qualquer toque dava cartão amarelo»

Antigo médio do Sporting fala sobre a nova aventura no Fulham

• Foto: Reuters
João Palhinha explicou, em declarações ao 'Daily Mail', as diferenças entre o futebol português e inglês, frisando que lhe agrada mais o estilo de jogo da Premier League pela agressividade. O médio, que em julho trocou o Sporting pelo Fulham, revelou ainda o sonho de jogar um Mundial por Portugal e lembrou um dos momentos mais decisivos da sua carreira, quando rumou ao Sp. Braga por empréstimo dos leões.

"Sempre soube que precisava de jogar para melhorar e mostrar o meu valor. O Sporting não acreditou em mim [ao início], mas mostrei que estavam errados. Ir para o Sp. Braga foi uma boa escolha, é um bom clube. Mas também tive sorte. O meu treinador lá, Rúben Amorim, foi para o Sporting, e isso foi muito importante. Quando regressei, sabia que ele gostava de mim", começou por dizer, antes de abordar o estilo de jogo da Premier League.

"Aqui podes disputar lances com mais agressividade, adoro isso. Foi uma das coisas mais importantes em que pensei quando vim para cá, o estilo de jogo. Na minha cabeça, só quero jogar a bola com intensidade. É por isso que gosto da Liga. Os jogadores querem sempre ir à bola, mas de forma dura e com fair play. Em Portugal, sentia que não podia fazer um carrinho. Às vezes era difícil porque qualquer toque dava cartão amarelo", acrescentou.

Palhinha falou ainda sobre as diferenças de ser uma figura pública em Portugal e em Inglaterra. "Em Portugal, se for almoçar com a minha mulher toda a gente me conhece. Aqui é diferente. Depois do jogo com o Brighton, saí do estádio a pé com o meu pai e com o meu irmão e apanhei um Uber. Gosto disso. Ninguém me chateou. Mas nos jogos é diferente. A primeira coisa que o meu pai me disse foi que isto era de outro Mundo. As pessoas no estádio até cantaram o meu nome...".

O ex-Sporting assumiu ainda o sonho de jogar um Mundial por Portugal. "Esta é uma das fases mais importantes da minha vida. Vem aí o Mundial, estou num clube novo, vou ser pai. Está tudo a acontecer ao mesmo tempo. É entusiasmante", concluiu.
Por Record
24
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Fulham

Notícias

Notícias Mais Vistas