Maguire presente a juiz na sequência de agressão a polícia em Mikonos

Manchester United garante que o jogador "está a cooperar totalmente"

• Foto: Instagram Harry Maguire

O inglês Harry Maguire, capitão do Manchester United, vai ser este sábado presente a um juiz por "agressão" a um polícia, depois de ter sido detido na quinta-feira na ilha grega de Mikonos devido a desacatos num bar.

"Está tudo bem! O Maguire nega as acusações. Se tudo correr normalmente, termina no sábado", afirmou o advogado do defesa central, Konstantinos Darivas, em declarações ao jornal desportivo grego Gazzetta.

O causídico acrescentou que Maguire está "em boas condições", apesar de ter passado duas noites detido, acrescentando que vai ser ouvido hoje, na ilha de Siros, no arquipélago das Cíclades, que inclui Miconos.

Na quinta-feira à noite, Maguire foi detido na sequência de desacatos provocados por um grupo de turistas ingleses num bar.

Segundo a imprensa local, a polícia foi chamada a intervir para pôr fim a um altercado, mas três pessoas do grupo no qual se incluía o defesa internacional inglês agrediram os agentes da autoridade.

O grupo, incluindo Maguire, companheiro dos portugueses Bruno Fernandes e Diogo Dalot na formação inglesa, foi levado para a esquadra, onde continuou a agredir verbal e fisicamente os agentes, tendo a polícia efetuado detenções formais.

Entretanto, o Manchester United reagiu ao incidente, garantindo já ter contactado o jogador e que este "está a cooperar totalmente" com as autoridades gregas.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Man. United

Notícias

Notícias Mais Vistas