Solskjaer apoia investigação da federação mas diz que intenção de Cavani "não foi maldosa"

Comentário que o uruguaio escreveu na foto de um amigo continua a dar que falar

• Foto: Reuters
O comentário que Edinson Cavani fez numa foto no Instagram- "gracias negrito" - continua a causar polémica em Inglaterra e a federação deve agora abrir uma investigação, no âmbito da luta contra o raciscmo. O treinador do Manchester United apoia a intenção do organismo, mas explica que o uruguaio não o fez por mal, pois vem de um país onde a expressão não tem um cariz racista.

"Falámos com o Edinson, ele está profundamente arrependido. Não houve uma intenção malsosa, foi apenas uma forma carinhosa de se dirigir a um amigo", explicou Ole Gunnar Solskjaer.

"Explicámo-lhe, ele já foi contactado pela federação para dar explicações e claro que vai cooperar. Ele tem o nosso apoio. É uma situação infeliz. Acabou de chegar a este país, no Uruguai é uma expressão usada num sentido diferente", acrescentou o treinador.

"Apoiamos o jogador, como também apoiamos a federação. É importante que a federação lhe tenha pedido explicações porque nós apoiamos a luta contra a discriminação. Li que o Gary Neville disse que os jogadores que chegam a este país provenientes de outras culturas deviam ser educados, mas tenho a certeza que o Edinson aprendeu a lição", finalizou Solskjaer.

Recorde-se que Bernardo Silva passou por uma situação parecida no Manchester City, a propósito de uma brincadeira que fez com Benjamin Mendy.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Man. United

Notícias

Notícias Mais Vistas