Ingleses dizem que Bruno Lage tem lugar em risco no Wolverhampton

Derrota deste sábado, diante do West Ham, pode ter sido a gota de água

• Foto: Reuters
A derrota deste sábado, diante do West Ham, pode ter sido a gota de água. Segundo adianta o 'Telegraph', a direção do Wolverhampton terá perdido definitivamente a paciência com Bruno Lage e estará mesmo a considerar avançar para o despedimento do técnico português.

Em causa está, não só a derrota desta tarde, mas também o acumular de resultados negativos neste início de temporada, com apenas dois triunfos em nove jogos disputados. Isto depois de um mercado de transferências no qual o clube investiu bem acima dos 100 milhões de euros, contratando jogadores como Matheus Nunes, Gonçalo Guedes e ainda Diego Costa.

A situação é complicada e, após o encontro, Bruno Lage assume percebê-la. "Estamos sob pressão. Vamos continuar a trabalhar. Sei que os adeptos nos apoiam. Nós tentamos fazer o melhor por eles. Estamos num mau momento, não temos golos nem vitórias. Temos de continuar a trabalhar. Posso prometer muito trabalho todos os dias para trazer bons jogos e vitórias para a equipa. Jogamos já oito jogos. Vejam quantos perdemos tendo um avançado na equipa. Estamos a tentar ser mais agressivos no meio e ganhar a segunda bola, para depois abrir no Adama Traoré na linha. O Chem Campbell teve duas ou três boas situações. Estou orgulhoso do que fizemos", disse o técnico português.
Por Record
11
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Wolverhampton

Notícias

Notícias Mais Vistas