Declarações de Wanda Nara levam dirigente do Inter a entrar em programa em direto

"Às vezes os pais têm que tomar decisões difíceis para os filhos crescerem", diz Beppe Marotta

Pode ser um dos últimos capítulos da novela em torno da renovação de contrato de Mauro Icardi com o Inter. No último domingo, depois de Wanda Nara em lágrimas ter defendido Icardi, afirmando que o avançado argentino estava de rastos com todo o desenvolvimento da situação, que culminou com a retirada de braçadeira de capitão, o diretor desportivo do clube italiano, Beppe Marotta, telefonou para o programa Tiki Taka e entrou em direto para explicar o posição do Inter.

"Queremos acabar com toda esta polémica, devolver a serenidade a todos, em primeiro lugar aos adeptos, a Wanda e Mauro. Retirar a braçadeira não foi castigo, se somos uma família, às vezes os pais têm que tomar decisões difíceis para os filhos crescerem. Nós explicámos a decisão pessoalmente a Mauro", afimou o dirigente. 

Beppe Marotta defende que o clube quer o melhpor para o jogador e que brevemente irá cumprir com o acordado: "O que fizemos foi para o bem de Mauro, do clube e dos adeptos. Convido-o a aceitar a nossa decisão com serenidade, foi justo tomá-la por razões que sabemos e que não é justo comentar publicamente. Tenho um compromisso com a Wanda: apresentar uma proposta de renovação e vamos fazê-lo muito em breve, sem dúvida. E depois pode calmamente decidir se aceita ou não", afirmou Marotta.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0