Dérbi pode pôr fim à 'seca' de João Mário

Depois de cinco jogos na condição de suplente, médio é apontado como titular frente ao Milan

• Foto: Getty Images

Inter e Milan defrontam-se hoje num embate especial: pela primeira vez na Serie A um dérbi tem início às 12.30 locais (menos uma em Portugal continental) e, segundo a imprensa italiana, João Mário poderá pôr fim à ‘seca’ que atravessa no que toca à titularidade: não joga de início desde 26 de fevereiro e, nos últimos 5 jogos, só em quatro saiu do banco. Mas hoje tudo indica que o campeão europeu volta ao onze.

O técnico Stefano Pioli não abre o jogo e prefere realçar a "recuperação de Gagliardini para poder ajudar Icardi" no ataque da equipa. Para João Mário voltar ao onze, tudo indica que Banega seja o sacrificado nas opções. Do lado do Milan, o técnico Vincenzo Montella deixa claro que "só a vitória interessa", tendo em conta a possibilidade de ainda chegar aos lugares de acesso à Liga Europa. O Milan é 6º classificado e está a apenas 2 pontos da zona UEFA.

Febre asiática

E se dentro de campo, João Mário centra atenções, já fora dele os olhos estão postos nos proprietários dos dois clubes. É o primeiro dérbi entre os empresários orientais que se fixaram em Milão - Erick Thohir, da Indonésia, é o dono do Inter e o chinês Li Yonghong ‘estreia-se’ como proprietário do Milan dois dias após comprar o clube a Berlusconi.

O horário do duelo no Giuseppe Meazza explica-se com o impacto que os dois clubes rivais têm agora no mercado asiático. A estimativa é que o jogo seja visto por 860 milhões de telespectadores, sendo mais de 700 em países asiáticos como China, Japão, Singapura ou Indonésia. As contas são feitas pela própria liga italiana e ultrapassam todos os recordes de jogos da Serie A transmitidos para os mercados mundiais.

Por José Carlos Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0