Fiorentina não esquece Astori: contrato vitalício para ajudar os filhos

Clube irá entregar o dinheiro que seria para o malogrado jogador à sua família

• Foto: Getty Images

Davide Astori faleceu antes de renovar com a Fiorentina, que agora concedeu um contrato vitalício ao ex-jogador.  O ‘Deportes Cuatro’ revelou que o clube irá entregar o dinheiro que seria para Astori à sua família, ajudando os seus filhos.

O capitão da Fiorentina morreu subitamente a 4 março de 2018, em Udine, no hotel onde a equipa se encontrava concentrada. O defesa da Fiorentina foi encontrado de manhã pelos companheiros, que estranharam o facto de não ter comparecido no pequeno-almoço. Concluiu-se que o jogador, de 31 anos, padecia de um problema cardíaco.

A última pessoa a falar com o malogrado futebolista foi Marco Sportiello, pelo Whatsapp, com quem acabara de disputar uma partida de futebol na PlayStation. O guarda-redes informou-o que tinha deixado os sapatos no seu quarto e Davide respondeu-lhe que os ia buscar na manhã seguinte.

Sabe-se também que quando a emergência médica entrou no quarto do jogador não havia sinais de luta. O quarto estava arrumado e Davide Astori estava deitado na cama, sozinho, coberto pelos cobertores.

No final de dezembro de 2018, Anna e Renato Astori, os pais de Davide Astori, falaram pela primeira vez com a imprensa italiana, revelando que os dias custam a passar na casa onde a família vive, rodeada por fotografias de Davide em criança. "Naquela manhã o meu marido e eu planeámos ir à missa e depois votar, mas eu acordei com os meus braços paralisados, com frio, com o corpo vazio, com um sentimento que nunca tive na vida. Eu não sabia de nada, mas ao mesmo tempo era como se soubesse de tudo", contou a mãe.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas