Higuaín revela o que a Juventus lhe disse após a chegada de Cristiano Ronaldo

Argentino acabou por sair da Juventus e diz estar agora feliz no Milan

Gonzalo Higuaín está a fazer uma época positiva no AC Milan onde soma seis golos em sete jogos. Depois de duas temporadas ao serviço da Juventus onde apontou 55 golos, o avançado argentino falou abertamente sobre a sua saída da Vecchia Signora e sobre a chegada de Cristiano Ronaldo.

"Naquele dia [9 de maio, final da Taça de Itália] senti no meu interior que algo estava mal. Depois chegou o Ronaldo. A decisão de sair não foi minha, dei tudo pela Juventus, ganhei vários títulos. Depois do Cristiano chegar, o clube queria dar um salto qualitativo e disseram-me que não podia ficar e que estavam a tentar encontrar uma solução. A melhor solução foi o Milan", contou o argentino  em entrevista à 'Gazzetta dello Sport'.

Apesar da saída, Higuaín garante que não guarda rancor da Juventus. "Tenho um sentimento de afeto porque me trataram muito bem. Os companheiros de equipa e os adeptos deram-me muito carinho. Não pedi para me ir embora. A Juventus deu-me um pontapé, toda a gente o diz. O Milan deu-me desde o primeiro momento muito carinho e foi assim que me convenceu", revelou o argentino.


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas