Ibrahimovic lembra dia em que 'arrumou' Materazzi com golpe de taekwondo e italiano responde

Entrevista do avançado sueco à GQ italiana continua a dar que falar

• Foto: Getty Images

Zlatan Ibrahimovic atirou em todos os sentidos na entrevista que deu à GQ italiana, onde anunciou o seu regresso a Itália. Depois de ter falado sobre Cristiano Ronaldo, dedicou umas palavras a Marco Materazzi, que está bem longe de ser um dos seus melhores amigos e que entretanto já lhe respondeu.

O sueco recorda que esperou quatro anos para se vingar do italiano. Mas tudo começou em 2006, quando 'Ibra' foi vítima de uma dura entrada de Materazzi. "Ele entrou no jogo como um assassino e lesionou-me. Era um jogador duro, não há mal nisso. Mas há duas formas de se ser duro e uma delas é quando queres magoar. Até o Maldini era duro, mas era diferente", recordou o avançado à GQ.

"Foi num Juventus-Inter em 2006, depois da falta tive que sair do campo por um bocado. O treinador da Juve, Fabio Capello, disse-me que ia substituir-me, mas eu quis voltar. Queria voltar para me vingar. Se alguém me faz uma coisa daquelas não esqueço. Só que, depois de alguns minutos, percebi que com aquelas dores não ia conseguir continuar e tive de sair", recordou. 

Depois Ibrahimovic foi para o Inter, para o Barcelona e quando chegou ao Milan... "No primeiro jogo, dérbi de 2010/11 [com o Inter], estavam todos contra mim. Ok, isso motiva-me. Mas se não tens controlo, isso pode ser mau. Se perdes a cabeça e fazes algo estúpido... Eu sofri um penálti e quem me fez a falta? O Materazzi! Marquei, 1-0 para o Milan."

"Na segunda parte ele veio para cima de mim e eu atingi-o com um golpe de taekwondo, mandei-o para o hospital. O Stankovic perguntou-me 'por que fizeste aquilo?' Respondi-lhe 'estou à espera deste momento há quatro anos. Foi por isso'. Cá se fazem, cá se pagam!", vaticinou.

A resposta de Materazzi

Materazzi leu as palavras de Ibrahimovic e não tardou a responder ao sueco. Nas redes sociais partilhou uma foto da festa do Inter, quando ganhou a Liga dos Campeões com José Mourinho em 2009/10, precisamente a época em que Ibrahimovic deixou o Inter e se mudou para o Barcelona, um negócio que levou Samuel Eto'o para a equipa italiana.

"Cheguei... vi... e conquistei. De qualquer forma, obrigado Ibrahimovic. Nunca teríamos ganho sem ti...", escreveu italiano, referindo-se à saída do sueco e à chegada do avançado camaronês.

Ver essa foto no Instagram

Veni... Vidi.... Vici !!! Sempre e comunque GRAZIE @iamzlatanibrahimovic .... Senza di te non l’avremmo mai VINTA .... @inter @setoo9

Uma publicação compartilhada por Marco Materazzi (@marcomaterazzi) em

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.