Napóles tem apenas nove mil cativos porque os adeptos não querem ser sócios

Clube tenta melhorar condições do estádio mas ausência de contratações sonantes também pesa

• Foto: EPA

O Nápoles, um dos clubes que mais tem tentado 'dar luta' à poderosa Juventus nos últimos anos na liga italiana, tem apenas nove mil lugares anuais vendidos para o campeonato deste ano, segundo escreve o 'Il Mattino'. Um número bem abaixo do esperado num estádio com capacidade para 60 mil lugares.

Na origem do problema estão várias razões que levam a que os adeptos napolitanos não queiram, simplesmente, ser sócios. Mesmo os mais fervorosos, pertencentes às claques, preferem comprar os bilhetes jogo a jogo, uma vez que não querem legalizar-se. A lei obriga a que os sócios estejam devidamente identificados para serem responsabilizados no caso de ocorrerem distúrbios. Além disso, os preços dos bilhetes têm variado muito dentro da mesma época ao longo dos anos e já aconteceu ficar mais barato comprar ingresso jogo a jogo do que garantir um lugar anual logo no início da temporada. Para combater este fenómeno, o Nápoles baixou em 30 por cento o preço dos cativos para esta época.

Também a ausência de contratações sonantes nas últimas temporadas pode afastar os adeptos do estádio San Paolo. As próprias condições do histórico recinto não eram as melhores e o clube apercebeu-se disso, dando início a uma série de melhoramentos, desde as cadeiras até aos novos ecrãs gigantes.

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.