Ronaldo: «É um campeonato mais difícil do que o espanhol ou do que o inglês e ganhámo-lo bem»

Internacional português congratula-se com o título conquistado ao serviço da Juventus

• Foto: Reuters

O português Cristiano Ronaldo confessou-se "orgulhoso" por ter vencido o título de campeão italiano ao serviço da Juventus e rejeitou qualquer "amargo de boca" pela eliminação da Liga dos Campeões.

"Estou contente. O meu objetivo era ganhar a Liga. Este ano, ganhámos dois troféus importantes, a Liga e a Supertaça, e é um orgulho ganhar o título em três países diferentes", começou por dizer o internacional luso à SportTV.

O avançado, de 34 anos, falava após o triunfo da Juventus sobre a Fiorentina, por 2-1, que garantiu aos 'bianconeri' o oitavo título seguido e o 35.º da história. Este foi o sexto título de campeão arrecadado por Ronaldo, que já tinha no currículo três troféus de Inglaterra, pelo Manchester United, e dois de Espanha, ao serviço do Real Madrid.

"Parece fácil, pela diferença de pontos para o segundo classificado [Nápoles], mas não é. Foi um ano de trabalho, dedicação, muito esforço. Esta equipa merece", salientou.

Poucos dias depois da eliminação nos quartos de final da Liga dos Campeões, aos pés do Ajax, Ronaldo assegurou não ter ficado qualquer "amargo de boca".

"Só pode ganhar uma equipa. Claro que estou triste por não termos passado à fase seguinte, mas o futebol é isto. Não se pode ganhar sempre. Quem cai, tem de ter a humildade de se saber levantar. Claro que podíamos chegar mais longe, mas o futebol é isto", referiu.

De resto, enalteceu a época realizada pela Juventus: "O ano é muito positivo, porque ganhámos a Supertaça e, agora, o campeonato, que não é fácil. É um campeonato mais difícil do que o espanhol e do que o inglês, e nós ganhámo-lo bem".

Por outro lado, Cristiano Ronaldo revelou a intenção de ajudar a seleção portuguesa na 'final four' da Liga das Nações, que vai decorrer em Portugal, no início de junho.

"Espero estar em condições psicológicas e físicas para poder ajudar a seleção, porque é um troféu bonito e vai ser disputado em Portugal. Espero estar bem e poder ir", concluiu.


Nem Ronaldo escapou à insólita tradição de Cuadrado

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.