«Um homem sozinho no deserto»: imprensa italiana elogia Ronaldo e arrasa Juventus

Juventus perdeu com o Verona e este domingo pode ser apanhado na liderança pelo Inter

A carregar o vídeo ...
Cristiano Ronaldo marca pelo 10.º jogo consecutivo

A imprensa italiana não foi propriamente branda para com a Juventus (e Maurizio Sarri) depois da derrota dos bianconeri com o Verona, mas todos são unânimes em considerar que Cristiano Ronaldo remou contra a maré. O português marcou com a camisola da formação de Turim pelo 10.º jogo seguido, batendo o recorde de Trezeguet.

"O Verona-Juve exaltou a grandeza de Ronaldo... e francamente não parecia possível. Como no Juve-Ajax, numa noite em que a equipa parece estar desligada, culpada, mesmo com dificuldades físicas Cristiano destaca-se na multidão (...) O seu rosto ensombrado no final do jogo é uma nuvem negra para a semana da Juve. Ronaldo odeia perder e provavelmente sente-se como um homem sozinho no deserto. (...) Os números fazem parte de tudo isso, porque a grandeza de Cristiano - diferente da de Maradona e de outros campeões - é mais facilmente mensurável por números. O grande número é 10: décimo jogo na liga a marcar pela Juventus. Esta Juve, no entanto, parece não ter metade do seu desejo de atacar jogos e recordes."
Gazetta dello Sport

"Verona revelou-se também fatal para Sarri: a Juventus perde o segundo dos últimos três jogos, soma a sua terceira derrota no campeonato. O golo de Cristiano Ronaldo, o primeiro na história da Juventus a marcar em dez jogos seguidos, não foi suficiente para os bianconeri."
Corriere dello Sport 

"Os campeões da Itália defrontaram um super Hellas. Tudo aconteceu no segundo tempo: o português [Cristiano Ronaldo], no décimo jogo consecutivo a marcar, deixa os visitantes em vantagem, mas depois uma confusão defensiva dá o empate a Fabio Borini. Depois, graças ao VAR, o árbitro marca um penálti para os anfitriões."
La Repubblica

"O Verona dos milagres atinge a Juventus, que sofre a terceira derrota nos últimos cinco jogos fora, na liga. E fez isso com uma remontada inacreditável, aplicando na equipa desconexa de Sarri duas bofetadas fortes no último quarto de hora, depois de uma fase em que parecia que Ronaldo tinha resolvido a noite à sua maneira. Cristiano é o único bianconero que se salvou. A festa de aniversário e a aparição no Festival Sanremo certamente não o afetaram."
Corriere della Sera

"Os líderes caíram em Bentegodi, derrotados por um Hellas que já tinha parado a Lazio esta semana. No primeiro tempo, os bianconeri acertaram duas vezes no ferro, por Douglas Costa e Ronaldo, depois CR7 desbloqueou o segundo tempo com uma grande ação individual (10.º jogo consecutivo a marcar pela Juventus). Borini responde e Pazzini na penalidade anula o empate."
Sky Italia

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas