Irmã de Icardi ao ataque: «Nada disto sucederia se tivesses atrás de ti uma pessoa séria»

Inter retirou braçadeira de capitão ao avançado e a mulher, Wanda Nara, tem culpas no cartório

O terramoto Icardi abalou ontem o edifício Inter, desconhecendo-se ainda o grau de destruição do mesmo. O avançado recusou-se a viajar para Viena, onde a equipa enfrenta hoje o Rapid [Liga Europa], horas depois de o clube lhe ter retirado a braçadeira de capitão.

Quase toda a gente foi apanhada de surpresa, embora o sismo fosse previsível. Porquê? Devido ao folhetim que tem girado à volta dos ‘Icardi’s’ [idêntico ao show dos Kardashian’s] desde 2016, altura em que uma biografia do argentino o colocou em rota de colisão com os ultras. O processo de renovação contratual, esse, nunca chegou a bom porto e enfraqueceu a imagem do atacante. Para tal muito contribuiu Wanda Nara. Com uma forte personalidade, a mulher e agente de Icardi verbalizou sempre publicamente o que lhe ia na alma. De forma crua e, por vezes, até brejeira! Mais tarde ou mais cedo, a corda acabaria por se partir. Rebentou 48 horas após Wanda ter dito que o marido não era protegido pelo clube. Um mês depois de o Inter lhe ter aplicado uma multa choruda. Dois anos após a claque ter exigido que lhe retirassem a braçadeira.

Icardi deixou de ser capitão, sendo rendido por Handanovic. Ivana Icardi, irmã de Mauro, expressou o que vai na alma de boa parte dos observadores. "Pobre irmão! Porque continuas a permitir tudo isto? O Inter não aceita este género de atitudes. Nada disto sucederia se tivesses atrás de ti uma pessoa séria e que realmente se preocupasse contigo", escreveu Ivana no Twitter. Um dardo direitinho ao coração de Wanda...

Por Nuno Pombo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inter Milão

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.