Dono da casa danificada pelo Bugatti de Ronaldo foi à porta do craque pedir contas

Proprietário dirigiu-se à mansão onde o jogador está de férias com a família, em Maiorca

• Foto: Instagram
O dono da vivenda em Maiorca que foi danificada na sequência do acidente com o Bugatti Veyron de Cristiano Ronaldo contou ao jornal 'Última Hora', em Espanha, que o avançado português do Manchester United comprometeu-se a pagar todas as despesas. Mas foi a casa do craque pedir contas.

"Com a pancada fiquei sem o contador da água e estive desde esse dia sem poder fazer a minha vida normal dentro da minha própria casa. A porta saiu a voar e caíram duas colunas de cimento", contou o proprietário. 

O homem soube que o carro era de Cristiano Ronaldo (conduzido por um funcionário do jogador) e por isso dirigiu-se à mansão onde o jogador está instalado com a família na ilha, para pedir contas dos prejuízos. "Tive de esperar um bom bocado para que abrissem a porta, mas depois fui recebido por um homem e uma mulher muito educados. Em nome do Ronaldo comprometeram-se a pagar todos os danos causados pelo Bugatti."

O dono da casa soube do sucedido pela polícia. Quando chegou ao local o carro - avaliado em mais de dois milhões de euros - já tinha sido removido e no meio da confusão com que se deparou a sua primeira preocupação foi o cão, que costuma colocar-se sempre atrás da porta, à espera da chegada do dono. "Pensei que o tinham morto. Quando entrei vi-o a tremer de medo, longe da entrada."

O proprietário tem estado em contacto com a seguradora da casa, que lhe pediu para "arranjar tudo e guardar as faturas".
Por Record
17
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogo da Vida

Notícias