Rosa Mota e Carlos Lopes premiados pelo CNID

CERÍMONIA DECORREU ONTEM EM LISBOA

Os anos passam e Moniz Pereira faz questão de dizer que continua a ser o mesmo teimoso como quando em 1945 chegou ao Sporting e lhe chamaram doido quando disse que queria ver um atleta seu campeão olímpico. Conseguiu e viu mais que um (como técnico e selecionador). Rosa Mota, de 51 anos, e Carlos Lopes, de 63, conquistaram o ouro nos Jogos Olímpicos em Seul e Los Angeles, respetivamente, e ontem foram galardoados pelo CNID com o Prémio Prestígio Fernando Soromenho, distinção que deixou emocionado o senhor atletismo, de 89, e os campeões olímpicos

"Partilho o prémio com todos os jornalistas que me apoiaram quando as coisas não estavam a correr bem", afirmou Rosa Mota.

Já Carlos Lopes disse: "O prémio assenta-me lindamente. Fiz coisas maravilhosas, o mérito é meu."

Os outros vencedores dos prémios do CNID foram: Futsal do Benfica e Seleção Nacional de futebol (Equipas); Joana Vasconcelos (Atleta Revelação do Ano); Francisco Lobato (vela), Frederico Gil (ténis), João Garcia (alpinismo) e João Pina (judo) como Atletas do Ano; Simão Sabrosa e José Mourinho (Atleta e Treinador Português no Estrangeiro); André Villas-Boas (Treinador Revelação); Fábio Coentrão (Revelação); David Luiz (Futebolista) e Jorge Jesus (Treinador).

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogo da Vida

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.