FC Porto precisou do prolongamento para chegar à final da Taça de Portugal

Dragões confirmaram favoritismo diante do Águas Santas, mas tiveram trabalho (extra) inesperado

• Foto: Victor Sousa / Movephoto

O FC Porto apurou-se este sábado para a final da Taça de Portugal, ao bater no prolongamento o Águas Santas por 33-31. A formação portista era favorita, confirmou esse estatuto, mas não estaria certamente à espera de ser obrigada a tempo extra para superar os maiatos, tendo até chegado a estar em posição bastante delicada no final da segunda metade. Valeu aí a maior experiência dos dragões, que conseguiriam forçar o prolongamento, onde acabariam por ser mais fortes, vencendo com parcial de 6-4 nessa fase.

No ponto de vista individual destaque para Pedro Cruz, com 12 golos na formação do Águas Santas, ao passo que nos dragões a figura foram Victor Iturriza e Diogo Branquinho, ambos com 7 golos.

Na final, a disputar no domingo, novamente em Pinhel, o FC Porto defrontará o Benfica.

Por Record
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.