Madeira SAD gere vantagem e segue para os 'oitavos' da Taça Challenge

Nova vitória frente aos eslovenos do RK Maribor Branik

• Foto: Hélder Santos

O Madeira SAD garantiu este domingo a presença nos oitavos de final da Taça Challenge ao ganhar os eslovenos do RK Maribor Branik por 23-20, no Funchal, depois da vitória na primeira mão por 31-23.

A vantagem de oito golos, conseguida na sexta-feira, permitiu à turma de Paulo Fidalgo manter segura a passagem à próxima fase da prova europeia, na qual foi finalista vencida na época passada.

O jogo sofreu um contratempo, pois teve de ser transferido para o Pavilhão do Marítimo devido à chuva que afetou o piso do Pavilhão do Funchal, e começou às 17h30, 30 minutos depois da hora inicial.

Após um início equilibrado, o Madeira SAD passou para a frente do marcador aos 11 minutos e rapidamente construiu uma vantagem de quatro golos, que o Maribor chegou a anular, mas por pouco tempo e os madeirenses chegaram ao intervalo a vencer por 13-10.

A segunda parte começou com os insulares a gerirem a diferença, até que o conjunto esloveno voltou a recuperar e esteve a ganhar pela margem mínima a cinco minutos do fim.

Valeu ao Madeira SAD o pivô sérvio Eldin Vrazalica, que apontou três golos seguidos nos instantes finais e operou a reviravolta, tendo sido o melhor marcador da equipa, com cinco golos, a par do ponta Daniel Santos.

O atleta que mais vezes marcou na partida foi novamente o lateral Andraz Velkavrh, do Maribor, com seis remates certeiros, depois de ter apontado sete golos na primeira mão.

Jogo no Pavilhão do Marítimo, no Funchal.

RK Maribor Branik - Madeira SAD, 20-23.

Ao intervalo: 10-13.

Árbitros: Ruud Geraets e Paul Geraets (Holanda)

Equipas:

- RK Maribor Branik: Luka Kljun (1), Nejc Planinsek (2), Nicola Spelic, Martin Kocjancic, Tadej Sok, Jan Hocevar, Filip Jerenec (2), Adrijan Milicevic (1), Andraz Velkavrh (6), Nikola Ranevski (4), Izidor Budja, Julian Jerebie (1), Mark Ferjan e Jan Sivka (3).

Treinador: Marko Sibila.

- Madeira SAD: António Campos, Ulisses Ribeiro (2), Nuno Milho, Daniel Santos (5), Nuno Silva (3), Igor Martins, Elias António (3), João Miranda (1), Elledy Semedo (1), Pedro Peneda (2), Eldin Vrazalica (5), João Gomes (1), Cláudio Pedroso e Hugo Freitas.

Treinador: Paulo Fidalgo.

Marcha do marcador: 2-1 (5 minutos), 3-3 (10'), 3-7 (15'), 6-8 (20'), 8-11 (25'), 10-13 (intervalo), 11-15 (35'), 13-17 (40'), 16-17 (45'), 19-18 (50'), 19-18 (55') e 20-23 (final).

Assistência: Cerca de 200 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0