Mariano Ortega: «Tivemos a sorte que precisamos»

Técnico do Benfica diz, contudo, que para a ter é preciso procurá-la

• Foto: Rui Minderico

Naturalmente satisfeito pela vitória na final da Taça de Portugal, diante do Sporting, Mariano Ortega deixou uma longa dedicatória, frisando que a equipa da Luz teve a sorte que precisava, mas que precisou de lutar para a ter.

"Sinto-me muito feliz por ter ganho. Dedico esta vitória a todos, desde o corpo técnico, aos que estão dia a dia no pavilhão, aos jogadores e aos adeptos que acreditam no nosso trabalho, desde o presidente ao último benfiquista, merecemos esta vitória", começou por dizer.

"Temos princípios claros, trabalhar com equipa, com vontade e esse é o segredo acreditamos durante a semana que podemos encarar os jogos no fim de semana. Tivemos a sorte que precisamos, mas para a ter é preciso procurá-la. Como treinador profissional é o meu primeiro título, recordarei esta Taça durante muitos anos como benfiquista que sou", frisou o técnico espanhol.

"Cada decisão é muito importante, tens a sensação que podes ganhar ou perder, tivemos a sorte de a bola do Elledy Semedo ter entrado no fim, mas trabalhámos muito. Quando ganhamos ou perdemos é sempre complicado falar da arbitragem", finalizou.

Por Lusa
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Andebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0