Coronavírus: Mundiais de meia maratona na Polónia adiados para outubro

Prova devia disputar-se este mês

• Foto: DR Record

Os campeonatos do mundo de meia maratona, agendados para 29 de março, em Gdynia, na Polónia, foram esta sexta-feira adiados para 17 de outubro, devido "à incerteza provocada pela disseminação internacional do novo coronavírus", anunciou hoje a World Athletics.

"A atual situação internacional comprometeu seriamente este evento, uma vez que muitos países estão a restringir viagens internacionais, evocando quarentenas e advertindo os cidadãos e organizadores de eventos para evitar eventos com muito público", lê-se no comunicado do organismo que rege o atletismo mundial.

A entidade, antigamente designada IAAF, salienta que, "primeiro e acima de tudo, foi considerada a saúde e o bem-estar dos atletas, oficiais e espetadores na tomada de decisão".

"Esta semana, trabalhámos com o comité organizador local para encontrar uma data alternativa, apropriada para a cidade anfitriã e para os atletas de elite, pelo que concordámos em 17 de outubro deste ano", acrescentou a World Athletics.

Os Mundiais de meia maratona vão contar com uma prova popular, que tinha uma participação prevista de 25 mil atletas.

O português Rui Pinto já tinha alcançado mínimos para a competição, com o 21.ª lugar na meia maratona de Barcelona, com o tempo de 1:03.07 horas, que lhe garantiu também a qualificação para os Europeus de 2020, marcados para Paris, entre 26 e 30 de agosto.

Os mínimos para os Mundiais estão fixados em 1:04.30 para os homens e 1:13.30 para as mulheres.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas