Mundiais: Pedro Pichardo falha medalhas de forma dramática

Luso-cubano esteve nos três primeiros lugares até à última tentativa, quando foi superado pelo incrível Hugues Fabrice Zango

21h07 - Segue tudo na mesma no reino do triplo salto. Christian Taylor volta a vencer o campeonato do Mundo, pela terceira vez consecutiva (a quarta no total), ao dominar uma final na qual esteve até à beira do afastamento. Pressionado no terceiro salto, o norte-americano reagiu à campeão e disparou para o lugar mais alto do pódio, onde de forma surpreendente não entra Pedro Pichardo. O luso-cubano era candidato, mas acabou surpreendido por um incrível Hugues Fabrice Zango, que com 17.66 fixou um novo recorde pessoal, nacional e africano.

Eis os resultados finais

1. Christian Taylor, 17.92
2. Will Claye, 17.74
3. Hugues Fabrice Zango, 17.66
4. Pedro Pichardo, 17.62
5. Cristian Nápoles, 17.38
6. Donald Scott, 17.17
7. Alexis Copello, 17.10
8. Jordan Díaz, 17.06

21h06 - Já com o título no bolso, Christian Taylor fecha o seu concurso com 17.54.
21h05 - Will Claye faz 17.66 e estão fechadas as contas. Christian Taylor é o novo campeão do Mundo!

1. Christian Taylor, 17.92
2. Will Claye, 17.74
3. Hugues Fabrice Zango, 17.66
4. Pedro Pichardo, 17.62
5. Cristian Nápoles, 17.38
6. Donald Scott, 17.17
7. Alexis Copello, 17.10
8. Jordan Díaz, 17.06

21h04 - Pedro Pichardo não melhora e falha as medalhas...

21h03 - Momento da verdade para Pedro Pichardo!

21h02 - Hugues Fabrice Zango sobe ao terceiro lugar e tira Pichardo do pódio! O atleta do Burkina Faso fez 17.66.

21h01 - Jordan Díaz não melhora e fecha o concurso em oitavo, com uma marca final de 16.69.

20h59 - Donald Scott faz 17.17 e deixa o último lugar desta fase decisiva.

20h58 - Fechada a penúltima ronda, assim está a tabela:

1. Christian Taylor, 17.92
2. Will Claye, 17.74
3. Pedro Pichardo, 17.62
4. Hugues Fabrice Zango, 17.56
5. Cristian Nápoles, 17.38
6. Alexis Copello, 17.10
7. Jordan Díaz, 17.06
8. Donald Scott, 17.05

20h57 - Will Claye repete a marca da última tentativa: 17.74.

20h56 - 17.60 para o luso-cubano.

20h56 - Pedro Pichardo vai para o seu quinto salto...

20h55 - Hugues Fabrice Zango aproxima-se de Pichardo, com um salto de 17.56.
20h52 - Christian Taylor incrível! O norte-americano faz 17.92 e reforça a liderança... O ouro parece estar cada vez mais perto de Taylor.

20h51 - Alexis Copello faz nulo e segue em sexto.
20h50 - Donald Scott faz apenas 15.08 no seu segundo salto.

20h49 - Jordan Díaz melhora na abertura da quinta série, subindo ao sétimo lugar com 17.06.
20h48 - O balanço dos quatro primeiros saltos:

1. Christian Taylor, 17.86
2. Will Claye, 17.74
3. Pedro Pichardo, 17.62
4. Hugues Fabrice Zango, 17.46
5. Cristian Nápoles, 17.38
6. Alexis Copello, 17.10
7. Donald Scott, 17.05
8. Jordan Díaz, 17.01

20h47 - Will Claye melhora no seu quarto salto: 17.74.
20h46 - Pedro Pablo Pichardo vai para a sua quarta tentativa... e consegue melhorar! Melhor marca do ano para o luso-cubano, com 17.62.

20h45 - Nulo para Hugues Fabrice Zango.
20h43 - Christian Taylor salta para o topo! Que salto incrível do norte-americano, com 17.86... Pichardo desce a terceiro.

20h42 - Cristian Nápoles também não consegue registar um salto.

20h41 - Alexis Copello faz nulo.
20h39 - Donald Scott é o segundo a saltar e faz nulo.

20h38 - Jordan Díaz foi o primeiro a saltar nas rondas finais. o cubano não melhora, ao fazer 16.86.

20h33 - Assim estão as contas no final dos três primeiros saltos.

1. Will Claye, 17.72
2. Pedro Pichardo, 17.49
3. Hugues Fabrice Zango, 17.46
4. Christian Taylor, 17.42
5. Cristian Nápoles, 17.38
6. Alexis Copello, 17.10
7. Donald Scott, 17.05
8. Jordan Díaz, 17.01

x 9. Ruiting Wu, 16.97
x 10. Fang Yaoqing, 16.65
x 11. Necati Er, 16.34
x 12. Almir dos Santos, 15.01

20h33 - Donald Scott salva-se no último salto com 17.05. O norte-americano sobe a sétimo e atira os dois chineses para fora das rondas finais.

20h32 - Jordan Díaz faz 17.01 e sobe a sétimo.

20h31 - Encostado à parede, Christian Taylor responde à altura, com um salto de 17.42. O norte-americano sobe a quarto e avança para a ronda final.

20h29 - Ruiting Wu não melhora (fez 16.88) e segue no sexto lugar. Segue-se Christian Taylor. Toda a pressão no norte-americano.

20h28 - O brasileiro Almir dos Santos despede-se com um salto para esquecer. Consegue a sua primeira marca, mas uns modestos 15.01.

20h27 - Hugues Fabrice Zango não consegue melhorar (fez 17.29) e mantém-se em terceiro.

20h25 - Alexis Copello safa-se do afastamento, ao saltar 17.10 no seu terceiro ensaio. O azeri sobe a quinto.
20h23 - Pichardo repete exatamente aquilo que fizera no primeiro salto: 17.49.

20h22 - Segue-se o terceiro salto de Pichardo. O luso-cubano já está nos saltos decisivos, mas pode tentar já marcar a diferença nesta sua terceira tentativa...

20h21 - Cristian Nápoles faz nulo e não melhora.

20h20 - 16.65 para Fang Yaoqing. O chinês sobe a sétimo e fica a torcer por mais nulos para se apurar...

20h19 - Will Claye não consegue melhorar no terceiro salto: 17.53.

20h18 - 15.62 para Necati Er. O turco está fora da ronda decisiva.
20h17 - Assim estão as coisas à entrada para o derradeiro salto da primeira fase.

1. Will Claye, 17.72
2. Pedro Pichardo, 17.49
3. Hugues Zango, 17.46
4. Cristian Nápoles, 17.38
5. Ruiting Wu, 16.97
6. Jordan Díaz, 16.86
7. Donald Scott, 16.57
8. Fang Yaoqing, 16.42
9. Necati Er, 16.34
10. Almir dos Santos, nulo
11. Christian Taylor, nulo
12. Alexis Copello, nulo

20h16 - Mais um nulo para Christian Taylor. Não está fácil para o norte-americano.

20h16 - Mais um nulo para Christian Taylor. Não está fácil para o norte-americano.

20h15 - Quem melhora é o cubano Jordan Díaz: 16.86 para subir ao 6.º posto.

20h14 - Wu Ruiting faz 16.86, não melhora e mantém-se no quinto posto.

20h13 - Novo nulo para o brasileiro Almir dos Santos.
20h11 - Hugues Fabrice Zango aproxima-se perigosamente de Pichardo, com um segundo salto de 17.46.

20h10 - Alexis Copello volta a fazer nulo...

20h09 - É a vez de Pichardo... mas sem melhorar. O luso-cubano faz 17.28 nesta sua segunda tentativa.

20h07 - Cristian Nápoles também melhora, neste caso também o seu recorde pessoal. O cubano saltou em 17.38.

20h06 - Fang Yaoqing melhor na sua segunda tentativa, passando para 16.42.
20h04 - Will Claye está 'on fire'! O norte-americano eleva ainda mais a fasquia e chega-se aos 17.72.

20h02 - Assim estão as coisas ao fim da primeira série de saltos

1. Will Claye, 17.61
2. Pedro Pichardo, 17.49
3. Cristian Nápoles, 17.36
4. Hugues Zango, 17.18
5. Ruiting Wu, 16.97
6. Necati Er, 16.34
7. Fang Yaoqing, 15.94
8. Jordan Díaz, 15.88
9. Alexi Copello, nulo
10. Almir dos Santos, nulo
11. Christian Taylor, nulo
12. Donald Scott, nulo

20h01 - O cubano Jordan Díaz é o penúltimo a saltar e nem sequer supera a barreira dos 16 metros: 15.88. E a fechar Donald Scott faz nulo.
19h59 - Forte candidato ao pódio, Christian Taylor faz nulo no arranque.
19h58 - Nulo para o brasileiro Almir dos Santos, enquanto Wu Ruiting consegue 16.97m.

19h55 - Atleta que pode ameaçar Pichardo na luta pelo pódio, Alexis Copello fez nulo na sua primeira tentativa, ao passo que Hugues Fabrice Zango se ficou pelos 17.18.

19h53 - Bom salto de entrada para Pedro Pablo Pichardo! O luso cubano faz 17.49 metros e ascende ao segundo lugar provisório.

19h51 - Cristian Nápoles faz um recorde pessoal e sobe ao segundo lugar: 17.36 metros. Segue-se Pichardo...
19h50 - Salto modesto para o chinês Fang Yaoqing: 15.94.

19h49 - Necati Er abre o concurso com 16.34 metros, logo seguido por um registo brutal de Will Claye: 17.61! O norte-americano mostra logo de entrada ao que vem...

19h45 - Os atletas já foram apresentados e é hora do início da ação...

- Detentor da quarta melhor marca mundial do ano (17.53 metros), o atleta luso-cubano fez 17.38 logo na primeira tentativa das qualificações e foi um dos únicos a conseguir o apuramento direto para esta final, a par de Hugues Fabrice Zango (17.17). Uma qualificação onde, recorde-se, Nélson Évora não conseguiu passar dos 16.80, um registo que o deixou fora da decisão.

- Algumas horas depois de João Vieira ter dado a Portugal a primeira medalha nestes Mundiais de atletismo de Doha, Pedro Pichardo entra em ação esta noite na final do triplo salto, a partir das 19:45, numa decisão na qual é visto como um dos grandes favoritos a subir ao pódio.

Por Fábio Lima
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Atletismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0