FIBA suspende DJ Cooper por 'acusar' gravidez em teste antidoping

Jogador do Monaco tentou escapar ao controlo antidoping com um teste de gravidez

• Foto: Twitter

Este é um daqueles casos que irá certamente entrar para o pódio de tentativas de adulteração de testes antidoping dos últimos anos.

Donell Cooper, mais conhecido por 'DJ Cooper', foi banido pela Federação Internacional de Basquetebol (FIBA), por adulterar um teste de controlo antidoping ao qual foi submetido.

O basquetebolista do Monaco, de 28 anos, terá tido a 'brilhante ideia' de trocar a urina que tinha colocado no teste antidoping com a urina de um teste de gravidez de uma amiga sua, só que esqueceu-se de um pequeno pormenor... a sua amiga estava grávida.

Depois de analisados os resultados, o teste antidoping deu positivo para Ghc, uma hormona produzida pela placenta, que deteta o estado de gravidez numa mulher. Posto isto, DJ Cooper acabou por ser suspenso pela FIBA, de competir nas provas oficiais, até junho de 2020.

Por Sérgio Magalhães
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas