Presidente da FPB reage à falta de comparência do FC Porto: «Todos os clubes são tratados de forma igualitária»

Manuel Fernandes afirma que a ausência da equipa portista "seguirá os trâmites normais, observando os regulamentos federativos"

• Foto: José Reis / Movephoto

Manuel Fernandes, presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB), reagiu este sábado à falta de comparência do FC Porto ao encontro a contar para a terceira jornada da Liga Betclic, frente à Ovarense. A Record, remeteu a situação para um comunicado federativo, no passado dia 22 de junho, afirmando que a ausência da equipa portista "seguirá os trâmites normais, observando os regulamentos federativos".

"Tomámos conhecimento do comunicado que o FC Porto emitiu nas últimas horas e sobre o mesmo compete-nos reafirmar aquilo que já constava no nosso comunicado de 22 de junho de 2021 e onde a FPB não interfere nem comenta as tomadas de posição do FC Porto ou qualquer outro clube. Ainda assim, reafirmamos também que todos os clubes são tratados de forma igualitária em concordância com as normas e regulamentos em vigor", começou por referir o presidente da FPB, acrescentando: "A única coisa que a FPB tem a dizer sobre este assunto é que esta será uma situação que seguirá os seus trâmites normais, observando os regulamentos federativos."

Olhando para os regulamentos, o FC Porto deverá ser punido com uma derrota por 0-20 e não somar qualquer ponto (no basquetebol mesmo a derrota vale um ponto), além de uma multa entre os 250 e os 5 mil euros, devido à falta de comparência registada este sábado.

Ovarense, árbitros e público à espera... mas FC Porto não apareceu: as imagens que marcam a jornada de basquetebol
Por Record
61
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Basquetebol

Notícias

Notícias Mais Vistas