Clippers vencem em Dallas e forçam Jogo 7 na primeira ronda da NBA

Com Kawhi Leonard a ser o grande protagonista do encontro

• Foto: Reuters

Os Los Angeles Clippers, comandados por Kawhi Leonard, venceram esta sexta-feira por 104-97 no reduto dos Dallas Mavericks e forçaram um sétimo jogo no embate da primeira ronda dos playoffs da NBA.

Na primeira eliminatória da história da competição em que não se registaram triunfos caseiros nos primeiros seis jogos, os Clippers confirmaram a tendência, muito à custa dos 45 pontos de Leonard, que igualou o seu máximo nos playoffs.

Leonard fez um jogo globalmente de grande nível e foi decisivo na parte final, ao marcar oito consecutivos num parcial a solo de 8-0, que passou o resultado de 90-88 para 98-88, com 1.41 minutos para jogar.

"Ele destruiu-nos, fez um jogo incrível, foi o que ele fez", reconheceu, no final, o base dos anfitriões, o esloveno Luka Doncic.

Kawhi Leonard, que já foi campeão da NBA pelos San Antonio Spurs e os Toronto Raptors, não quis ir de férias e deu um recital na arte de atirar ao cesto, convertendo 18 dos 25 'tiros' de campo tentados (72%), incluindo cinco em nove nos triplos (55,6%).

"Os grandes jogadores aparecem nos grandes momentos. Ele mostrou quem é o Kawhi Leonard", afirmou o treinador dos Clippers, Tyronn Lue, certamente agradecido à sua grande estrela por ter evitado a eliminação do conjunto de Los Angeles.

Além de Leonard, destaque nos Clippers, que só contaram com quatro pontos vindos do banco, para os 25 pontos e nove ressaltos de Reggie Jackson e os 20 pontos e 13 ressaltos de Paul George.

Na formação da casa, Luka Doncic não esteve ao nível extraterrestre de jogos anteriores, ficando-se por 29 pontos, 11 assistências e oito ressaltos, num embate em que só acertou dois dos nove triplos tentados.

Destaque ainda para os 23 pontos de Tim Hardaway Jr., os 12 pontos e nove ressaltos do gigante sérvio Boban Marjanovic e os 11 pontos e sete ressaltos de Dorian Finney-Smith.

"Já o conseguimos anteriormente nestas séries. Sentimos que os podemos bater. Veremos quem está certo e quem está errado", afirmou o letão Kristaps Porzingis, que se ficou pelos sete pontos, projetando já a negra de domingo, em Los Angeles.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.