A ameaça a Michael Jordan no balneário: «Se voltas a fazer isto parto-te as pernas»

Bill Cartwright fartou-se das humilhações constantes e confrontou mítico jogador

• Foto: Reuters

O documentário 'The Last Dance' tem revelado um outro lado de Michael Jordan que a figura 'endeusada' do mítico jogador da NBA encobria anteriormente. As críticas de antigos jogadores e também seus companheiros subiram de tom e aparecem agora outras histórias que estavam longe dos holofotes. Como o que Bill Cartwright 'sofreu' às mãos de MJ.

O pivô que alinhou nos Chicago Bullls entre 1988 e 1994 (dos 31 aos 36 anos) chegou à equipa de Jordan para substituir Charles Oakley, um dos grandes amigos de MJ na altura. A receção a Cartwright não foi por isso das melhores. Facto é que Michael começou a fazer da vida do pivô recém-chegado um inferno: chamava-o de 'Bill médico' por causa das suas constantes lesões e nos treinos só lhe dificultava a vida acusando-o de ter 'mãos de manteiga'. Cartwright aguentou as humilhações quase toda a temporada... até um dia. Após um jogo que tinha corrido particularmente mal ao pivô, Michael Jordan tentou uma vez mais envergonhá-lo à frente dos restantes companheiros de equipa que Bill Cartwright se 'passou': levou MJ à parte no balneário e avisou-o: "Se voltares a fazer isto mais alguma vez nunca mais jogas basquete porque te vou partir as duas pernas", disse a Jordan que não lhe respondeu.

O ambiente acalmou a partir de então e na segunda temporada, além das lesões terem abrandado, Cartwright começou a ter outra relação com Jordan.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0