Miami Heat vão utilizar cães para detetar Covid-19

Equipa da Flórida vai autorizar fãs na AmericanAirlines Arena e tem protocolo preparado

Os Miami Heat preparam-se para abrir as portas da AmericanAirlines Arena a alguns adeptos na próxima semana, mas para lá da lotação limitada a equipa da Flórida tem montado todo um protocolo apertado de segurança e prevenção, onde até está prevista a intervenção de cães.

De acordo com Matthew Jafarian, um dos vicepresidentes da organização, a ideia tem sido trabalhada ao longo dos últimos meses e a partir de quinta-feira irá ser colocada em prática. "Se pensarmos bem, os cães de deteção não são algo novo. Já os vimos em aeroportos, em situações críticas por parte da polícia e pelos militares. E mesmo aqui na Arena temos utilizado cães para detetar explosivos", explicou Jafarian.

Segundo o que foi explicado, os adeptos serão encaminhados inicialmente a uma zona de controlo, na qual os cães irão passar por cada um deles: caso o animal avance, o adepto é autorizado a entrar; caso o cão se sente, é um sinal de que o vírus foi detetado e o adepto em questão verá a sua entrada vetada. Além deste procedimento, todos os fãs terão de preencher um questionário prévio à entrada, utilizar máscara e apenas poderão beber água ou bebidas com gás. Todos os pagamentos feitos no interior do pavilhão terão de ser em cartão.

Por outro lado, caso os adeptos sejam alérgicos ou tenham medo de cães, os Miami Heat oferecerão a possibilidade de ser feito um teste rápido, que terá resultado em menos de 45 minutos.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de NBA

Resultados

Todos os números da competição na época 2020/21

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.