André Domingues conquista Volta a Portugal do Futuro

Tiago Leal foi o mais rápido a completar a escalada, entre Castelo de Vide e a Senhora da Penha

• Foto: Federação Portuguesa de Ciclismo

O ciclista André Domingues, da Efapel, foi este domingo o vencedor da Volta a Portugal do Futuro, assegurando a liderança final com o segundo lugar na quinta e última etapa, um contrarrelógio individual de 3,9 quilómetros.

Tiago Leal (Sicasal/Miticar/Torres Vedras) foi o mais rápido a completar a escalada, entre Castelo de Vide e a Senhora da Penha, em estradas de montanha, pedalando à média de 31,909 km/h, para um tempo final de 7.20 minutos. André Domingues, último a ir para a estrada, tinha uma vantagem de oito segundos a defender, depois de ter conquistado a liderança na quarta etapa, domingo de manhã.

O ciclista da Efapel andou mais depressa do que os principais adversários, sendo o segundo classificado na etapa, a três segundos de Tiago Leal. Romaric Forques (Essax) foi o terceiro, a quatro segundos do vencedor, e Pedro Miguel Lopes (Kelly-Simoldes-UDO) - segundo à partida para o contrarrelógio - foi o sexto na etapa.

De manhã, disputou-se a quarta etapa, de 57,9 quilómetros, entre Castelo de Vide e a Senhora da Penha, vencida pelo espanhol José Ignácio Galvez (Essax). Uma tirada curta, mas intensa, com várias subidas, que ditou a derrota do anterior camisola amarela, Rodrigo Caixas (LA Alumínios-LA Sport).

O espanhol José Ignácio Galvez, que partia a mais de um minuto do topo da classificação geral, beneficiou de alguma liberdade e aproveitou da melhor forma, isolando-se para ganhar em solitário, creditado com o tempo de 1:30.50 horas.

No grupo dos favoritos, André Domingues mostrou estar em forma e desenvencilhou-se de toda a concorrência para chegar na segunda posição, a 19 segundos do vencedor. O terceiro foi Pedro Miguel Lopes, a 28 segundos do primeiro.

André Domingues terminou assim a primeira Volta a Portugal do Futuro da carreira com o triunfo, juntando-o à Volta a Portugal de juniores conquistada em 2019. O ciclista leiriense fechou a competição com 19 segundos de vantagem sobre Romaric Forques, que aproveitou o contrarrelógio para subir ao segundo posto da geral. Pedro Miguel Lopes terminou em terceiro, a 21 segundos do vencedor.

O chefe-de-fila da Efapel ganhou ainda a classificação da juventude, Pedro Miguel Lopes foi o melhor na geral por pontos e Francisco Guerreiro (Sicasal/Miticar/Torres Vedras) foi o primeiro no prémio da montanha. Por equipas impôs-se a LA Alumínios-LA Sport.


Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas